Unileão parabeniza juristas pelo Dia do Advogado e do Magistrado


O dia 11 de agosto é considerado o Dia do Advogado e do Magistrado, profissionais que têm como principais objetivos promover a justiça e a harmonia social. A data também rememora a criação dos cursos jurídicos no Brasil.
No Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão), o curso de Direito promove, há 7 anos, a formação desses profissionais com bases teórico-práticas aliadas ao desenvolvimento de competências éticas, imprescindíveis ao exercício da profissão. Os egressos, por sua vez, se inserem no mercado de trabalho preparados para atuar nas diversas áreas da carreira jurídica: em procuradorias, promotorias, defensorias públicas, magistraturas, e na advocacia, após obterem aprovação no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Práticas na Unileão
A prestação de serviços à comunidade é uma prioridade na Unileão. Por isso, o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) tem atuado no amparo às pessoas que se enquadram nos moldes da assistência judiciária gratuita, proporcionando o acesso ao Poder Judiciário daqueles que não têm condições de contratar um profissional particular para garantir os seus direitos.
Os serviços oferecidos à população são realizados por alunos dos cursos de Direito, Psicologia e Serviço Social, devidamente supervisionados por professores experientes, defensores públicos e promotores de justiça. No NPJ, milhares de pessoas são beneficiadas todos os anos com atendimentos que incluem mediações e conciliações nas diversas áreas cíveis.
Para o seu funcionamento, o Núcleo conta com diversos parceiros, como o Tribunal de Justiça do Ceará, que mantém no interior do Núcleo uma unidade descentralizada dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), órgãos responsáveis pela realização das mediações e conciliações de conflitos.
Há, também, a parceria com o Ministério Público Estadual (MPCE), que permite aos alunos o recebimento de processos de competência do MPCE para a realização de estudos e elaboração de peças processuais. O NPJ tem, ainda, parceria com a Defensoria Pública, responsável por interpor judicialmente as ações produzidas pelos alunos a partir dos atendimentos realizados à comunidade.
Primeiros cursos de Direito no Brasil
A data 11 de agosto foi instituída como o Dia do Advogado e do Magistrado por ter sido nesta data, em 1827, que ocorreu a criação dos primeiros cursos jurídicos no Brasil, instalados no estado do Pernambuco (Faculdade de Direito de Olinda) e em São Paulo (Faculdade de Direito do Largo de São Francisco).
O feito foi motivado pela necessidade de se estabelecer o ensino do Direito no Brasil, visto que, na época, a antiga colônia já era independente de Portugal. Dessa forma, o imperador Dom Pedro I determinou, no ano de 1823, a criação de duas universidades.
As primeiras faculdades de Direito eram consideradas, também, escolas de pensamento, onde se debatiam ideias como o republicanismo, o abolicionismo e o liberalismo. Lá, formaram-se grandes intelectuais do Brasil, como Castro Alves, Gonçalves Dias e Joaquim Nabuco.


O Centro Universitário Doutor Leão Sampaio segue com as inscrições abertas para o ingresso no semestre de 2019.2 e o curso de Direito está sendo ofertado nessa seleção. Os interessados em se tornar agentes transformadores da sociedade em que vivem podem se inscrever no Vestibular Agendado, usar a nota do Enem ou ingressar na condição de transferido ou graduado.

Financiamentos e bolsas

A Unileão oferece opções de financiamento para quem deseja facilitar o pagamento da formação no Ensino Superior. Mais informações sobre processo seletivo, vantagens em ser Unileão, condições de ingresso e de pagamento podem ser obtidas pelo telefone (88) 3571 3231 ou pelo WhatsApp (88) 9 9216 3040.