As inúmeras mudanças ocorridas desde a chegada da pandemia no Ceará, com o isolamento social, afetaram diversas rotinas: doméstica, social, econômica e até a do Poder Judiciário. O número de audiência realizadas por videoconferência mais que triplicou, se comparados os períodos de janeiro a outubro de 2019 e de 2020: no ano passado, foram 3 mil; neste ano, 9.800, segundo dados do Sistema de Agendamento de Videoconferências do Tribunal de Justiça do Estado.

O presidente do Grupo de Trabalho de Videoconferência e juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça, César Morel, pontua que o número é, na realidade, ainda maior.

Morel explica que as teleaudiências já eram amplamente utilizadas nos processos penais. A realização de teleaudiências é uma medida da tríade tecnológica aplicada pelo Tribunal de Justiça do Estado.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib