O Diário Oficial da União publicou o ato de aposentadoria do ministro do Supremo Tribunal Federal, José Celso de Mello. O ato, assinado pelo presidente Bolsonaro, não consta tempo de serviço ou aposentadoria compulsória, o que caracteriza invalidez.

Celso de Mello deixará o STF, segundo a publicação, no próximo dia 13.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib