Mesmo com carnaval oficial cancelado, foliões lotam praça principal de Paracuru
Mesmo com carnaval oficial cancelado, foliões lotam praça principal de Paracuru (Foto: Matheus Facundo)
Cancelado pela Prefeitura em razão dos motins de policiais e bombeiros militares, que estão paralisando suas atividades e protestando em todo o Ceará, o Carnaval 2020 de Paracuru, no Litoral Oeste, ocorre pelo desejo de foliões que lotam a praça principal. Com caixas de som e até blocos independentes, o tradicional mela-mela ocorreu nesta segunda-feira, 22.

Nos outros dias a folia também seguiu sem maiores intercorrências. Embora o fluxo de pessoas seja intenso, como apurado pelo O POVO, que esteve no município nesta segunda, comerciantes e brincantes do Carnaval afirmam que a lotação não se compara à de anos anteriores. O dono de uma lanchonete, localizada na praça do centro da cidade, afirmou que o número de foliões caiu muito. "Geralmente é bem mais lotado, né? Mas eu até prefiro desse jeito, com menos gente".

Vendedores ambulantes também admitem o esvaziamento. "Não deixam mais colocar paredão. Mas eu não cheguei a ver nenhuma violência, graças a Deus. Mas é assim, quem faz o Carnaval ê você", pondera Eduardo Sousa, 60. Ele veio de Fortaleza com a esposa e o filho e está tentando descolar um dinheiro extra vendendo bebidas e "espuminha" no Carnaval de Paracuru.

Bloco na rua

Sem atrações oficiais, o jeito foi colar junto a blocos independentes, como o Máscara Negra, grupo composto por pessoas da mesma família, de Fortaleza. Climério Augusto Carneiro Neto, 45 anos, um dos criadores do bloco, conta sobre a animação, entre uma batida no instrumento e outra.

"Ainda bem que tivemos a oportunidade de estar aqui. O público que autorizou e está gostando muito", disse Climério. Todo ano eles levam o bloco para alguma praia, sendo esta a terceira vez. Primeiro foi em Fortaleza, depois Aracati e agora Paracuru. Não desanimaram nem mesmo com o cancelamento do Carnaval oficial.


o povo 
Postagem Anterior Próxima Postagem