Taxa de endividamento é a maior dos últimos três anos



O endividamento das famílias brasileiras voltou a crescer e alcançou o maior nível dos últimos três anos. Em maio deste ano, a taxa de endividamento, em relação à renda acumulada em 12 meses, subiu para 44,04%. É o maior nível desde abril de 2016.

Uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio também indica um crescimento no número de famílias que se declaram endividadas. Em julho, 64,1% das famílias afirmaram estarem com dívidas, esse é o maior número desde maio de 2013.

Apesar do aumento de endividados, o nível de comprometimento da renda e a inadimplência se mantiveram estáveis até o trimestre de 2019, que encerrou em maio. O que indica que mesmo com mais dívidas, os brasileiros realizaram o pagamentos de contas e despesas.

Economistas alertam que uma possível piora no mercado de trabalho pode deixar as famílias com mais dificuldades no cumprimento das dívidas.


Ceará agora