Deputado André Figueiredo quer incluir trabalhadores de lotéricas no grupo prioritário de vacinação

 









André Figueiredo preside o PDT no Ceará. Foto: Divulgação.












Pensando nos quase 70 mil empregados dos mais de 13 mil estabelecimentos lotéricos espalhados pelo país, o deputado federal André Figueiredo (PDT) apresentou nesta terça-feira (30) um projeto de Lei que que inclui os profissionais que trabalham nas loterias no grupo prioritário na Campanha Nacional de Vacinação no Brasil.

“Sabemos que nesta maior crise sanitária que o Brasil passa em sua história, diversos profissionais estão empenhados em atender a população e sabendo bem de suas atividades essenciais, não puderam pausar os seus trabalhos. Dentre as várias categorias, destacamos aqui os trabalhadores dos estabelecimentos lotéricos em nosso país”, defendeu o pedetista.  

“Em todo o País, são 13 mil estabelecimentos lotéricos, capilarizados em 97% dos municípios brasileiros, gerando cerca de 70 mil empregos diretos. Cumpre ressaltar que funcionários das loterias, em quase 100%, são usuários de transporte público e, por se encontrarem na linha de frente de atendimento à população, além do manuseio com cédulas sabidamente contaminadas por bactérias e microorganismos, podem, sim, involuntariamente tornar-se vetor de transmissão do vírus que já ceifou mais de 310 mil vidas no Brasil”, acrescentou o parlamentar.

                 Jornalista Edson Silva 

Postar um comentário

0 Comentários