05/04/2021

Assembleia Legislativa do Ceará lança campanha em alusão ao Dia Mundial da Voz

 




Assembleia lança campanha em alusão ao Dia Mundial da Voz
Nesta terça-feira (06/04), o Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da célula de Fonoaudiologia, lança a campanha “Minha voz, minha identidade”, alusiva ao Dia Mundial da Voz, comemorado em 16 de abril.

Segundo o diretor do DSAS, Luis Edson Correia, a programação da campanha vai durar três semanas, com muita informação para os servidores, que vão saber mais sobre cuidados com a voz, além de dicas de saúde e bem estar. A programação inclui dicas que serão passadas nos meios de comunicação da Casa com orientações de como cuidar e prevenir distúrbios e problemas com a voz.

O fonoaudiólogo do DSAS, Henrique Martins, explicou que o Dia Mundial da Voz surgiu de uma iniciativa da Academia Brasileira da Voz, em 1999, e passou a ser comemorado mundialmente. Para dar destaque ao tema, ele explica que o Departamento de Saúde vai usar as mídias sociais da Casa, a rádio FM Assembleia e a TV Assembleia, “onde nós iremos orientar os servidores e o público em geral sobre as condições da saúde vocal, as condições de tratamento, dicas de saúde e de prevenção sobre o câncer de laringe”, conclui o fonoaudiólogo.

Também está programada, no dia 20 de abril, a realização de um webinar dirigido aos servidores do Poder, com a participação da primeira-dama da Assembleia, a fonoaudióloga Cristiane Leitão. Participam ainda o diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa, Luís Edson Correia, e a nova orientadora da Célula de Fonoaudiologia do DSAS, Dra. Saskya Vaz, além de outros profissionais do setor.

A campanha da AL “Minha voz, minha identidade” também vai alertar para a prevenção de doenças como o câncer de laringe, que acomete 15 mil pessoas por ano no Brasil, levando mais da metade a óbito.

Dra. Sáskya Vaz explica que é preciso estar atento às alterações vocais, pois elas podem indicar possíveis problemas e até mesmo uma doença grave, como o câncer de laringe. A especialista ressalta ainda a importância de levar informações sobre os cuidados com a voz para os servidores da Casa, pois "em sua grande maioria, trabalham utilizando seu aparelho vocal diariamente”, lembra. Ela sugere que todos fiquem atentos à voz, principalmente nos dias atuais em que as doenças virais atingem o sistema respiratório e, consequentemente, o sistema vocal.


Assessoria de Comunicação