Sertão Central : Prefeito de Mombaça anuncia lockdown até 28 de fevereiro

 









Prefeito de Mombaça anuncia lockdown no município (Foto: Reprodução/Instagram)
Prefeito de Mombaça anuncia lockdown no município (Foto: Reprodução/Instagram)

Orlando Filho, prefeito de Mombaça, interior do Ceará, decretou nesta quarta-feira, 24, lockdown no município entre amanhã, 25, e domingo, 28. O objetivo da medida é conter a propagação do coronavírus na região, que até hoje teve 1.805 casos confirmados de Covid-19, 46 óbitos e 1.601 pessoas recuperadas. Ao todo, 6.130 exames foram realizados no município.


Em vídeo divulgado nas redes sociais da prefeitura, Orlando lamenta as mortes de três moradores de Mombaça ocorridas ontem, 23. Segundo ele, a principal unidade de tratamento da patologia da região atualmente tem 21 pessoas internadas. Outros sete mombacenses estão sob tratamento em outras cidades do Estado.


Até o domingo, funcionam normalmente em Mombaça: unidades básicas de saúde, hospitais, farmácias, postos de combustíveis, laboratórios e funerárias. Os serviços do setor público e ligados à Enel e à Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) acontecem sob regime remoto.


Por meio de delivery, está permitida a comercialização em: supermercados, mercados, mercearias, padarias, hortifrúti, pet shops, restaurantes e serviços de entrega de água e gás. As portas dos estabelecimentos devem ser mantidas fechadas enquanto o sistema de delivery acontece, recomenda o decreto.

Está proibido o funcionamento de bares, consultórios particulares, indústrias, bancos, lotéricas, academias, fábricas, igrejas e templos, e comércio. Som automotivo e qualquer tipo de evento público ou privado também não poderão acontecer. O descumprimento das medidas pode acarretar em multa no valor de R$ 1 mil, triplicando caso haja reincidência.

Ao fim do decreto, uma nova reunião acontecerá entre o comitê de enfrentamento da Covid-19, na qual será decidido um prolongamento ou uma flexibilização das medidas securitárias. “Esse decreto vem como medida de salvar vidas, de cuidar da saúde dos mombacenses. E, para isso, nós não mediremos esforços”, disse o prefeito.


Postar um comentário

0 Comentários