MUNICÍPIO DE PACUJÁ PREPARADO PARA FAZER ACONTECER A "FESTA ANUAL DAS ÁRVORES 2021", NO PERÍODO DE 21 Á 28 DE ABRIL, UMA PROMOÇÃO DA SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE - SEMA - "MEIO AMBIENTE SE FAZ COM AÇÕES"

 









                 


Que o Astro Rei seja escaldante ou não, a Festa Anual das Árvores - Edição 2021, acontecerá com brilho, mesmo em época de pandemia faremos a coisa acontecer, tomando todas as precauções e MEDIDAS DE SEGURANÇA contra o Covid-19. 
A imagem do artista plástico GILDÁSIO JARDIM, da cidade de Jequitinhonha/MG, retrato bem o clima do semiárido nordestino, o SOL brilha e queima, o agricultor sai para o campo para fazer suas plantações, sendo a enxada seu instrumento maior e garboso MANDACARU, planta símbolo da Caatinga, nos enche de esperança, FÉ e de orgulho, timbra Jorge de Moura, ambientalista que trabalha o Bioma da Caatinga, respeitando suas nuances climáticas, sua FAUNA e sua FLORA.
Com o PLANO DE TRABALHO concluído objetivando a realização da Festa Anual das Árvores, o Município de Pacujá, na Zona Norte do Estado, comprova a sua capacidade administrativa, seu respeito e conhecimento para com o Bioma Caatinga, trabalhando com maestria o COLETIVO sem esquecer as CRIANÇAS, os ADOLESCENTES e suas FAMÍLIAS, que produzem conhecimentos a partir das práticas em prol do Meio Ambiente, eles sabem refletir sobre a realidade do seu habitat natural sendo parte integrantes de um trabalho ambiental inovador, REFERÊNCIA para o Semiárido através dos ATORES do Projeto Jovens Ambientalistas de Pacujá, que tantas alegrias nos proporciona e hoje é o xodó do município.
Ao trabalhar o seu Planejamento, o Município uniu talentos a partir das escolas da rede pública municipal,
 agregando a FORÇA e a solidariedade das secretarias municipais, Paróquia de São João Batista, Pastoral da Criança e a comunidade.
ÁRVORES NATIVAS DO CEARÁ, será o tema da Campanha Estadual, para o Município de Pacujá será mão na roda por trabalhar este tema desde 2019. O maior desafio da municipalidade foi trabalhar a mudança cultural em relação ao Meio Ambiente e hoje o que se vê, graças ao trabalho ambiental, é a mudança cultural, da geografia local, o surgimento das Manchas Verdes Urbanas do Bioma Caatinga onde as Árvores do nosso Bioma reinam absolutas e vão aos poucos, ocupando seu lugar de origem tomado pelo nim indiano, que estão sendo substituídos lentas e gradualmente.
A ação em benefício da Natureza em Pacujá tem um nome: ATITUDE e graças a essa atitude as CRIANÇAS e os ADOLESCENTES caíram em campo, plantando árvores nativas em frente as suas residências, nas praças, nos pátio das escolas, das instituições municipais e também, com suas MÃOS ÁGEIS, ajudaram a realizar o trabalho de embelezamento da cidade e, aqui, um registro de GRATIDÃO ao desportista e ambientalista nata ANTONIO CARLOS, da Secretaria de Esportes que tem estado presente em todas as Campanhas de Educação Ambiental no Município de Pacujá. 
O Município de Pacujá que vai educando ambientalmente sua população, está em estado de graças pelo irrestrito apoio da SEMA, o mesmo não poderia esquecer os relevantes serviços prestados ao Bioma Caatinga através do Secretário ARTUR BRUNO, que com sua sensibilidade e visão de futuro, é hoje, um referencial no Semiárido Nordestino graças ao apoio de uma equipe técnica comprometida com a melhoria da qualidade ambiental e de vida no Ceará. À toso que fazem a Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SEMA, a gratidão do povo de Pacujá, finaliza o Prefeito Municipal RAIMUNDO FILHO.

Postar um comentário

0 Comentários