Papai Noel infectado visita asilo, espalha coronavírus e 18 idosos morrem na Bélgica

 




A visita de um homem vestido de Papai Noel em um asilo da Bélgica causou ao menos 18 mortes de residentes. Segundo a imprensa local, o personagem visitou o local sem saber que estava infectado com o vírus. O asilo teria cerca de 120 residentes e de 36 funcionários infectados pelo novo coronavírus. O surto teria ocorrido após a visita do Papai Noel no início de dezembro.

O Papai Noel, vestido com os trajes tradicionais de São Nicolau, e os seus assistentes caracterizados como Zwarte Piet, um personagem frequentemente rotulado de racista por usar o rosto negro, foram fotografados confraternizando com os residentes usando máscaras. Alguns moradores do asilo, entretanto, estavam sem a proteção facial. Além disso, havia pouca ventilação no local do encontro, ainda de acordo com a imprensa local.

(Uol)

Postar um comentário

0 Comentários