Sem perder tempo, Sarto começa a montar, nesta segunda, secretariado

 







Eleito prefeito de Fortaleza neste domingo, José Sarto (PDT) começa a montar, nesta segunda-feira, o secretariado que irá acompanhá-lo pelos próximos quatro anos. Sarto corre contra o tempo e tem até o dia primeiro de janeiro de 2021, quando será empossado prefeito, apenas 31 dias para definir os nomes do primeiro escalão da administração.

Sarto apresentará caras novas para o primeiro mandato, manterá alguns nomes da gestão Roberto Cláudio, comporá um secretariado com indicações de vários partidos que o ajudaram a conquistar a Prefeitura e deverá contar com militantes do PT entre os seus principais auxiliares.

A expectativa é que, pelo menos, três vereadores eleitos estejam na equipe administrativa do Município para possibilitar a convocação de suplentes. Sarto viu aliados do primeiro time derrotados nas urnas na tentativa da reeleição à Câmara de Vereadores. Alguns desses aliados que foram derrotados poderão ser contemplados com a convocação para o mandato ou mesmo com cargos.

Uma das novidades que deverão surgir com a chegada de José Sarto à Prefeitura é a participação do PT na administração municipal do PDT. Isso dependerá de decisões do Diretório da sigla na Capital que está sob a orientação da deputada federal Luizianne Lins, que ficou, no primeiro terceiro, em terceiro lugar e decidiu não assumir apoio a José Sarto no segundo turno. Luizianne tem divergências com os irmãos Cid e Ciro Gomes, mas tem bom diálogo com o pedetista José Sarto.