Reprodução/ redes sociais


Eleito com 53,87% dos votos em Barbalha, Dr. Guilherme Saraiva (PDT) comandará a gestão da cidade a partir de janeiro de 2021. Em entrevista ao Portal Badalo, o mais novo prefeito falou sobre expectativas para a administração do município, relação política com o governador do estado e a difícil campanha eleitoral, com virada nos votos.

Dr. Guilherme revela que a entrada na política se deu após convite do deputado estadual, Fernando Santana (PT), e Camilo Santana (PT). “São duas forças para ajudar a cidade”, afirmou Guilherme. Ele vê a parceria como benéfica para Barbalha, tendo aceitado o novo desafio. “É a oportunidade que o município tem de ter uma boa gestão com o apoio deles”, disse.

O candidato explica que, apesar de ser um nome novo na política, estudou administração dentro e fora do país, tendo como experiência o comando de importantes hospitais da cidade, o que, segundo ele, é uma boa base para esse novo período de gestão no município.

Segundo ele, o primeiro passa ao tomar as rédeas da prefeitura será fazer um diagnóstico das contas públicas, para então ter um equilíbrio nos recursos e gerar folga para fazer investimentos no município. “Primeiro um diagnóstico e depois planejar um futuro”, explicou, completando, “precisamos primeiro identificar e equilibrar as contas públicas, pois não sabemos como elas estão”.

Guilherme se mostrou empolgado com o acolhimento da população na campanha de rua. “Foi uma surpresa para mim a votação, mas isso expressa que as pessoas têm uma necessidade de mudar”, afirmou. As pesquisas mostravam um empate técnico entre Dr. Guilherme e o atual prefeito, Argemiro Sampaio (PSDB), então candidato à reeleição. Apesar do empate, as urnas mostraram vantagem para Guilherme, que acredita que ganhou os votos que na pesquisa se encontravam no percentual de indecisos. “Esse percentual de indecisos tende a ir para o novo. A necessidade de mudança levou as pessoas na ultima hora a decidir o voto nesse formato”, afirmou.

Quanto à saúde, o novo prefeito afirma que é preciso primeiro resolver o problema da atenção básica, que são os postos de saúde. “Barbalha é privilegiada. São poucos municípios que têm hospitais como Barbalha tem, mas a atenção básica não funciona, principalmente quando precisa-se fazer encaminhamento, exames, procedimentos. Falta medicamento nos postos. acreditamos que se organizarmos a casa, fizermos uma boa gestão e bom uso do dinheiro público, vai sobrar para ofertarmos mais medicamentos e exames à população”, disse o médico e gestor.

A disputa pela prefeitura de Barbalha foi a única que teve apenas dois candidatos, o que acirrou mais ainda a campanha. Guilherme revela, que quando lançou candidatura, ligou para o atual prefeito e até então opositor para desejar boa sorte e prometer uma campanha limpa. “Ele disse que também ia fazer uma campanha limpa, como de fato ele pessoalmente fez, assim como eu”. Segundo o candidato, a campanha correu tranquilamente durante um tempo, mas na reta final ele acabou sofrendo muitos ataques e até agressões pessoais à família, mas que não partiram do opositor. “Ele me respeitou e eu respeitei ele durante toda a campanha”, finalizou. 


( Badalo) 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib