O primeiro e maior presente dado ao ser humano é o dom da vida, essa muitas vezes é tão curta que quase ninguém percebe sua existência, outras prazerosamente são em abundância. E o que dizer quando essa longevidade é de matrimonio.

Parece ser simples pronunciar 75 anos de casados, as sonhadas bodas de brilhante, e como essa pedra é valioso, ter a graça de gozar desse feito é privilegio para poucos. E nas novas gerações difícil até os 75 de vida, imagine de laços matrimoniais.

Pois é, esse casal do bairro Vazante o senhor Francisco Alves de Almeida e dona Maria Andrezinha de Almeida. Esse casal exemplar em vida e postura familiar está tendo essa graça de comemorar junto aos familiares e amigos esse momento ímpar.  Nem mesmo a maior catástrofe já vivida por essa geração, a pandemia do Novo Coronavirus, impediu que Deus lhes ofertasse esse presente.

E algo importante no convívio desse casal foi a multiplicação da espécie humana, foram 11 filhos sendo que um morreu com poucos meses, ficando vivos 10 filhos, 24 netos e bisnetos são 17 ainda não tem tataranetos, mais estão no aguardo.

A riqueza material não foi a estrela desse casal, mas sim, a honradez, a simplicidade e o compromisso de verdadeiros chefes de família que souberam dá exemplo de honestidade e respeito mutuo com aqueles que os cercam.

O pouco com Deus é muito o muito sem Deus é nada, é assim envolto a fé que seu Francisco e dona Maria construíram esse grande legado que hoje compõe parte da história das famílias de Várzea Alegre. Vale salientar que respeitando a cada um da família o casal gerou um filho que ama esse torrão e hoje compõe lindas canções enaltecendo a terra amada que criou seus genitores o Didi da Martins.

Os filhos são os seguintes:

Antônio Almeida

José Almeida

Raimunda Alves

Tereza Alves

João Almeida

Pedro Alves

Raimundo Alves

Rita Alves

Isabel Almeida

Francisco Alves  


Pé no Chão Informativo