Nos próximos dias 6 e 7 de outubro, será realizado o “Simpósio Padre Cícero Romão Baptista: Um padre e sua fé: Cícero, história e legado”, em alusão aos 150 anos de Ordenação Sacerdotal do Patriarca do Nordeste e padrinho da nação romeira. O evento acontecerá de forma online, com certificado de 14h para atividades complementares. O Departamento de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), a Arquidiocese do Rio de Janeiro e a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), em parceria com Diocese de Crato – CE estão à frente desse debate acadêmico.

A programação será composta de seis conferências e oito grupos de estudos, mediados por professores e pesquisadores, além de bispos e sacerdotes. A mesa de abertura reunirá o cardeal do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, o bispo de Crato, Dom Gilberto Pastana, o pároco e reitor da Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, de Juazeiro do Norte, Padre Cícero José da Silva, e o diretor do Departamento de Teologia da PUC-RJ, Prof. Dr. Padre Waldecir Gonzaga, e outros padres reitores de universidades.

Expectativas

O sesquicentenário de Ordenação Sacerdotal do Padre Cícero Romão Batista impulsionou a ideia de levar para a academia a trajetória e o legado dele, especialmente em Juazeiro do Norte, segundo o Padre Waldecir Gonzaga. “É um simpósio para comemorar e refletir sobre a história e o legado desse homem tão importante para o cenário e a história brasileira. A escolha do tema é um sinal de carinho, mas também de desejo de colaborar para a reflexão”, disse. Ele também sublinha que a intenção do Simpósio é produzir textos acadêmicos para compor um acervo de pesquisas posteriores.

Ainda de acordo com o sacerdote, são esperadas 300 pessoas em tempo real, quantidade comportada na plataforma de videoconferência Zoom. As páginas da Diocese de Crato e da Basílica Santuário retransmitirão o evento em seus canais no YouTube e nas redes sociais.

“A expectativa é a produção de textos acadêmicos, seja a partir das falas, seja a partir das comunicações, para que nós possamos conhecer um pouco mais desse homem que para o povo brasileiro, sem sombra de dúvidas, é tido como santo. Este debate acadêmico vai nos ajudar muito. É uma alegria muito grande. O Rio de Janeiro abraça, pela PUC-Rio, a causa do Padre Cícero, em termos de conhecê-lo mais ainda e conhecê-lo dentro do mundo acadêmico”, concluiu o diretor do Departamento de Teologia.

Veja a programação completa:

E os temas que serão discutidos nos grupos de pesquisa:

  1. O protagonismo do Espírito Santo na piedade popular do Juazeiro de Padre Cícero;
  2. Os caminhos dos romeiros do padre Cícero nas estradas do Nordeste;
  3. O eco das romarias e a modelagem da santidade do Padim Ciço em Juazeiro do Norte–CE;
  4. O profetismo na vida e no legado do Padre Cícero Romão;
  5. Padre Cícero: um legado de fé e devoção;
  6. Análise da corporalidade do romeiro alagoano em Juazeiro do Norte a partir de uma espontaneidade própria nos espaços e sua espacialidade;
  7. Padre Cícero: uma referência de conselheiro no catolicismo popular sertanejo;
  8. À sombra do Juazeiro: as transformações da experiência religiosa popular no Juazeiro do Padre Cícero (1986-2016). 


Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib