Atividades da campanha eleitoral tiveram início no domingo, 27 de setembro. Fotos: Divulgação.




Com 11 candidatos a prefeito, o eleitorado de Fortaleza tem um leque de opções de escolha no pleito deste ano. Como já era de se esperar, os postulantes priorizaram, na primeira semana de campanha, a visita a bairros periféricos, destacando temas já comuns em tempo de eleições municipais. Como apontam as pesquisas internas dos partidos políticos, saúde e geração de emprego foram os assuntos abordados pelos postulantes nos últimos dias.

Em seu primeiro dia de campanha, ainda no fim de semana, o candidato da base governista, Sarto (PDT), iniciou os trabalhos das eleições deste ano visitando o Hospital da Criança no bairro Jóquei Clube. Ele também realizou um “adesivaço” na Praia de Iracema.

No primeiro discurso, disse que iria investir a alma, o coração e a preocupação, em favor da população fortalezense. O termo “cuidar”, tão comum em época de eleição, também foi utilizado pelo pedetista, que afirmou ainda que iria olhar e ouvir bastante o povo.

Nos últimos dias Sarto realizou carreatas nos bairros Messejana, Jardim América, Bela Vista, Aracapé, Bom Jardim e Joaquim Távora. Inaugurou alguns comitês de vereadores que fazem parte de sua coligação e visitou entidades e equipamentos públicos criados na gestão do prefeito Roberto Cláudio. Dentre as instituições visitadas estão: o Iprede, IJF I e II, Policlínica e o Hospital da Criança.

Candidato de oposição, Capitão Wagner (PROS) tem se apresentado como uma figura mais leve neste início de campanha. Escolheu uma mulher como candidata à vice-prefeita, a advogada Kamila Cardoso, e em sua primeira ação de campanha visitou a Associação Valentes de Davi. Tem evitado ser associado apenas à Polícia Militar.

“Não precisaremos ter de nos explicar por acordos que nos trarão mais tempo de TV, recursos e fundo partidário. Sem ter que explicar isso fica mais fácil convencer o eleitor que somos a melhor opção”, foram suas primeiras palavras como candidato.

Wagner também focou visitas em bairros periféricos, como o Lagamar, Carlito Pamplona e Messejana. No entanto, também esteve na Beira-Mar e no Centro da cidade, por mais de uma vez. Foi o primeiro candidato a realizar carreatas no pleito deste ano, já no primeiro dia da campanha, no domingo passado (27).

O candidato também tem buscado se aproximar de setores religiosos da cidade, e mantém diálogo constante com líderes evangélicos. No entanto, também realizou jantar com entidades católicas. Como está licenciado da Câmara Federal, Wagner tem tido mais tempo do que outros candidatos, que também são deputados, a se dedicar, exclusivamente, à campanha em Fortaleza.

Luizianne Lins (PT), por exemplo, foi a Brasília no início da semana, e intensificou apenas atividades pelas redes sociais. Célio Studart (PV), também participou de sessões na Câmara Federal, mas intensificou visitas a entidades em Fortaleza. Esteve no Lar Santa Mônica, Fazenda Esperança, Hospital Público Veterinário, Incor e em alguns bairros.

Candidatos a prefeito de Fortaleza em atividades nas ruas da cidade. Foto: Divulgação.

Em sua terceira disputa consecutiva a prefeito de Fortaleza, Heitor Férrer (SD) também intensificou visitas a diversos pontos da cidade nos últimos dias, além de participar da sessão ordinária da Assembleia Legislativa, na quinta-feira (01). Ele esteve no Hospital de Messejana, Mercado Central, esteve na Beira-Mar, no Centro, Vila Velha, Lago Jacareí e passou a incluir mais roteiros religiosos em sua agenda, já que o candidato a vice-prefeito em sua chapa, Walter Cavalcante (MDB), tem ligação com diversos setores católicos na cidade.

Heitor Freire (PSL) disse, logo no início da campanha, que iria dar prioridade a bairros periféricos. Por isso, realizou caminhadas no Edson Queiroz, Conjunto Palmeiras e Antônio Bezerra nos primeiros dias das eleições deste ano. Nesta sexta-feira (02), porém, participou de evento religioso na Praia de Iracema. Na quarta-feira (30), visitou a Câmara Municipal e tem participado de atividades de inauguração de comitês de campanhas dos candidatos a vereador.

Anízio Melo (PCdoB) tem focado em encontros com lideranças sindicais, em especial professores. Paula Colares (UP) também tem atuado em algumas comunidades de Fortaleza. Samuel Braga (Patriota) divulgou em sua agenda visitas ao Lagamar e Sabiaguaba. Último a solicitar registro de candidatura, José Loureto (PCO), não divulgou qualquer agenda de campanha.  


Blog Edison Silva 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib