O preço da cerveja deve subir gradativamente nos próximos meses no Ceará. A afirmação é do presidente da Associação Cearense de Supermercados (Acesu), Gerardo Vieira, que apontou a causa associando ao impacto da quarentena na produção industrial do setor de embalagens, quando fabricantes de cerveja foram obrigados a reduzir a oferta de algumas marcas nas prateleiras, causando dificuldades para estabelecimentos comprarem produtos de algumas marcas, o que faz com que o estoque diminua.

Conforme o presidente da Associação, todo final de ano há redução na oferta de cerveja, mas em 2020, a situação se tornou mais grave por conta da pandemia. O problema apontado pelos representantes do setor, afirma ele, é motivado pela falta de embalagens, alumínio e vidro.

“Estamos tendo dificuldades para comprar cervejas, e isso vai enxugando o meu estoque regulador. Tem produto que já falta há mais de uma semana. Em dezembro, com certeza, isso vai se agravar”, estima.

Do Repórter Ceará

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib