Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou nesta sexta-feira, 2, com um pedido de impugnação da candidatura a vice-prefeita de Caucaia de Inês Arruda (MDB).

Nos autos, Inês Arruda quando prefeita Municipal, teve suas contas - relativas a verbas de convênio advindas da FUNASA - julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Na qualidade de gestora, a impugnada cometeu falhas graves e, em tese, configuram ato de improbidade administrativa.

Inês Arruda é candidata a vice-prefeita na chapa do marido, também, do MDB, Zé Gerardo Arruda. 


Roberto Moreira 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib