Após mais de cinco meses de pandemia, Juazeiro do Norte tem sofrido a realidade de diversos destinos pelo mundo, no qual viram cair a praticamente zero a demanda pelo turismo local. A cidade, bem como a região do Cariri, é um dos principais polos turístico do Ceará e também possui enorme frequência de passageiros para diversos destinos no interior do Nordeste.




Aeroporto de Juazeiro do Norte deverá receber investimentos de até R$ 190,5 milhões

   Foto > @ jdoairport



Desde o mês março, indicadores de transporte aéreo viram a queda livre em relação a demanda de voos, agravada peles efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), sendo que o mercado teve que se readaptar para que ao menos as atividades essenciais que dependem das rotas aéreas pudesse perdurar. Mas, mesmo com este agravante, o principal terminal aeroportuário caririense e segundo maior do Estado figurou como o mais movimentado das cidades do interior nordestino, desde o início de 2020.

Segundo dados dos indicadores do mercado de transporte aéreo no país, elaborado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Aeroporto de Juazeiro do Norte, atualmente administrado pela Aena Brasil, recebeu nos últimos sete meses um total de 137.971 passageiros que embarcaram e desembarcaram. No ranking dos terminais do interior nordestino, fica atrás apenas das cidades de Porto Seguro e Ihéus, no litoral baiano, que tiveram movimento de 535.168 e 155.991 passageiros respectivamente.

Movimentação de Aeroportos no interior do Nordeste em2020Aeropor…050.000100.000150.000Juazeiro do NorteVitoria daConquistaPetrolinaImperatrizCampina GrandeBarreirasTeixeira de FreitasMossoroPaulo Afonso
YearAeroportos
Juazeiro do Norte137.971
Vitoria da Conquista100.974
Petrolina99.159
Imperatriz76.384
Campina Grande34.655
Barreiras18.599
Teixeira de Freitas8.029
Mossoro6.920
Paulo Afonso2.910

De todo o Nordeste, em 2020, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes foi o 12º terminal mais movimento, com cerca de 1,32% de participação em todo o mercado aéreo nordestino. Ao todo, todos os aeroportos das capitais e cidades do interior na região tiveram movimentação de quase 10,5 milhões de passageiros.

Atualmente as companhias Azul e Gol operam rotas no terminal, com oferta de voos para São Paulo (Guarulhos) e Recife (PE), operados com aeronaves Airbus A320neo, Embraer E195 e Boeings nas variantes 737-700 e 737-800.

Queda expressiva

Janeiro foi o mês de maior movimento em 2020, geralmente dentro do período maior fluxo anual devido a alta temporada de fim de ano. Ainda assim não conseguiu superar a movimentação do ano anterior, que registrou 58,7 mil passageiros, com queda para quase 50 mil neste.

O mês de abril, que está no início de um período de três meses onde há menor movimentação no terminal juazeirense, registrou a queda mais expressiva na movimentação em relação a 2019, atrelado diretamente a situação pandêmica da Covid-19, que resultou no total cancelamento das rotas comerciais.

Em 2019, o mês de abril registrou 37,2 mil passageiros, uma que de apenas 6,1% em relação ao ano anterior. Já em abril de 2020, foram apenas 2,7 mil passageiros que estiveram no aeroporto, representando uma queda de 92,7% em relação ao ano anterior. Nos primeiros sete meses do ano, a queda no número de passageiros que embarcaram e desembarcaram em Juazeiro do Norte chega a mais de 51%, em relação ao ano anterior.

Número de passageiros em relação ao ano anterior(2019-2020)20192020JaneiroFevereiroMarcoAbrilMaioJunhoJulho010.00020.00030.00040.00050.00060.000
Month20192020
Janeiro58.70049.900
Fevereiro45.60035.200
Marco43.40024.800
Abril37.2002.700
Maio23.4003.200
Junho32.6007.500
Julho43.00014.700

Em 2020 o terminal juazeirense registrou apenas 1.243 procedimentos pousos e decolagens de aeronaves comerciais, também representando queda de mais de 51% em relação a 2019. No transporte de cargas, Juazeiro ficou na 15ª posição em relação a todos os aeroportos nordestinos, e em 4º lugar em relação as cidades do interior, transportando cerca de 232 toneladas de carga paga e correios.

Abril também foi mês de menor número operações de aeronaves bem como no transporte de cargas, com apenas 26 pousos e decolagens, e 3,7 toneladas de carga enviada e recebida. 

( Badalo) 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib