Advertisement

Main Ad

Fernando Santana assegura que UTI Oncopediátrica não será fechada em Barbalha

O Deputado Estadual Fernando Santana (PT) classificou como “adiantada” a informação divulgada em nota pelo Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) de que a ala de oncologia pediátrica do Hospital São Vicente de Paula fecharia.

Em transmissão nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (30), no local com construção de onde funcionaria a ala de oncopediátria do hospital, o deputado explicou, junto de membros da coordenação do Hospital, que 450 mil reais em emendas parlamentares já foram concedidas ao local após a notícia.

Foram 200 mil vindos de emenda do Deputado Federal Guimarães, 100 mil do próprio Fernando Santana, 50 mil do também Deputado Estadual Davi Macedo, 50 mil de Marcos Sobreira e 50 mil de Guilherme Landim. O deputado caririense ainda afirma que entrará em contato com outros colegas para mais emendas.


Em entrevista, Amilcar de Sá Barreto, assessor jurídico do Hospital, explica que a ala não tem credenciamento junto ao Ministério da Saúde (MS), pois não atende às exigências da portaria reguladora quanto à estrutura física.

Em 2017, o Hospital já havia feito opção por encerrar o serviço e transferir as crianças à Fortaleza, mas retornou o serviço em 2019 devido alta procura. Porém, sem conseguir o credenciamento do MS, não era possível manter a ala, segundo Amilcar. “O hospital estava bancando [as despesas com a ala] sem receber nada do poder municipal, estadual ou federal”. Sem poder manter o serviço pela crise agravada pelo coronavírus, o local resolveu desativar a oncopediatria e remanejar os pacientes à Fortaleza no mês de maio.

A construção da estrutura física foi iniciada, mas não concluída, como mostrou Fernando Santana na live. “Se o SUS não poder custear, o hospital sozinho não tem condição para isso” reforça o Deputado. Os recursos das emendas parlamentares são para a finalização da construção da estrutura e para equipar a ala, assim como ajudar na manutenção do local até conseguir verba federal.


Nesta quarta-feira (29), após conversa com a direção do hospital, Fernando Santana se prontificou em conseguir recursos para manter aquela unidade em funcionamento. O hospital necessita de R$ 400 mil para a construção e ampliação de novos leitos de UTI.

Esse dinheiro, segundo Fernando Santana já está assegurado por meio de verba de emenda parlamentar dos seguintes deputados: José Guimarães (R$ 200 mil), Fernando Santana (R$ 100 mil) Davi de Raimundão (R$ 50 mil) e Guilherme Landim (R$ 50 mil) e Marcos Sobreira (R$ 50 mil). "Outros parlamentares serão convidados a ajudar", pontou Fernando Santana.

    Badalo

Fotos Assessoria comunicação
 A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas, criança e área interna



 A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna