Reunião contou com a presença de artesãos locais |Júnior Sultério


Apoiar, estimular a qualificação e promover o artesanato local, são objetivos do Governo Municipal de Santana do Cariri. Para isso, a Secretaria de Cultura e Turismo, tem mantido um diálogo com os artesãos e artesãs, no sentido de dá visibilidade ao que é produzido por esses profissionais.
Nesta quinta-feira,13, no auditório do Museu de Paleontologia, foi realizado uma reunião com a representação da CEART (CEART - Central de Artesanato do Ceará) e artesãos locais para discutir ideias e propostas a fim de fomentar e disseminar o artesanato.O compromisso teve a presença da vice-prefeita, Bibiane Sampaio e de secretários.

Durante o encontro foi exposta a necessidade de uma maior exposição dos produtos em uma feira ao ar livre, em um ponto central da cidade, organizada com o apoio da prefeitura municipal, conforme sugeriu a secretária municipal de Cultura e Turismo, Liliane Feitosa. As formas de empreender e difundir os produtos confeccionados pelos artesãos, também foi tema da pauta.

Segundo a secretária, esta será uma importante ferramenta para a divulgação dos seus trabalhos, bem como um grande passo em busca do planejamento e organização de um futuro espaço destinado exclusivamente para isso, o Centro de Artesanato no município.

A Secretaria de Administração também participou da atividade.A titular da pasta, Adriana Fernandes, lembrou que a Sala do Empreendedor, localizada no Casarão do Coronel Felinto, está de portas abertas pronta para receber aqueles que desejam abrir o seu próprio negócio, com diversas facilidades voltadas para cada tipo de comércio, além de ajuda técnica e incentivo financeiro.

Da CEART veio a técnica Ivone Moraes, que explicou sobre a parceria da entidade com o Governo Municipal e os artesãos do Estado.A CEART emite a identidade artesanal, que é um documento emitido dentro do Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Ceará (PDA) e permite o acesso dos artesãos aos serviços do programa, como: capacitação; assessoramento técnico; comercialização de produtos em pontos de venda e eventos da CEART; além da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Os presentes que atendessem os critérios estabelecidos pelo programa puderam fazer sua inscrição e em breve receberão sua identidade artesanal.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib