Últimas Notícias

Egressa do curso de Serviço Social da Unileão lança seu primeiro livro no 16º Congresso Brasileiro de Assistentes Sociais

Formar profissionais e pesquisadores que possam mudar o mundo ao seu redor. Esse é um dos objetivos da Unileão em seus 18 anos de atuação na região do Cariri cearense. Essa missão institucional reflete em histórias como a de Suéllen Bezerra Alves Keller, egressa do curso de Serviço Social.
No dia 1º de novembro, a assistente social lançou seu primeiro livro, intitulado “A Ofensiva do Conservadorismo: Serviço Social em Tempos de Crise”, no 16º Congresso Brasileiro de Assistentes Sociais, em Brasília. Essa é apenas uma das conquistas da egressa, que recentemente também concluiu seu doutorado na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).
“Pretendo continuar seguindo com pesquisas que contribuam para a qualificação do exercício profissional de assistentes sociais na atual conjuntura”, comenta Suéllen Bezerra sobre a publicação de sua pesquisa. Essa não é a primeira vez que a autora tem trabalhos seus publicados. Ela já escreveu três capítulos de livros e possui seis artigos promovidos em revistas científicas.
Hoje ela atua como assistente social concursada no Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande Sul (TJ-RS), mas não esquece os primeiros passos dados ainda no Centro Universitário Doutor Leão Sampaio. “Foi a Unileão que me apresentou o Serviço Social, pela mediação de professores sérios, competentes e empenhados a solidificar um curso que estava iniciando, pioneiro na região do Cariri”, ressalta.
A egressa fez parte da segunda turma do curso e já teve oportunidade de voltar para a Instituição na condição de docente. “Fui aprovada como professora da Unileão, cargo que não cheguei a assumir diante da aprovação do doutorado em Porto Alegre. Assim, a Unileão representa a casa onde aprendi, lecionei e troquei experiências sobre minha profissão”, disse.
Todas essas conquistas despertam orgulho em quem acompanhou a trajetória da assistente social desde o começo. “Desde o início da graduação Suéllen se destacava pelo compromisso e criticidade”, avalia Márcia Teotonio, coordenadora do curso da Unileão. “Ela passou no mestrado da UFPE logo que terminou o curso, nos enchendo de orgulho e sendo espelho para demais colegas. Muito estudiosa e honrando a formação sólida que teve na graduação, passou no concurso do TJ-RS e logo em seguida no doutorado. O desfecho não poderia ser outro: a publicação de um livro rico, robusto e que certamente a colocará entre as grandes teóricas do Serviço Social contemporâneo”, acrescenta.
A profa. Márcia fala emocionada sobre a sensação de ver uma de suas alunas se destacando no campo de atuação profissional. “Tenho orgulho, muito orgulho, por ver a pupila brilhar, ganhar o mundo e se torna, sem sombra de dúvidas, uma grande estudiosa do Serviço Social”, finaliza.