SAP desativa Cadeia Pública de Quixadá ao transferir os últimos 77 internos da unidade



A centenária Cadeia Pública de Quixadá encerra sua função na cidade, na tarde desta quinta-feira (26) em pleno momento de ataques que acontecem por todo estado através de membros de facções criminosas que precionam as autoridades de segurança em decorrência das ações que estão sendo realizadas com remanejamento de detentos do interior para os presídios da capital e Região Metropolitana.

O setor de inteligência da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) acaba de movimentar mais 150 presos do sistema prisional do Ceará.

 Em Quixadá foram transferidos 77 (Setenta e Sete) presidiários, encerrando os serviços na unidade prisional da cidade. Entre os transferidos estão os suspeitos de agirem em Quixadá e Região.
A distribuição dos internos transferidos para três unidades prisionais na Região Metropolitana:


Sertão Alerta 

Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes (IMELDA, em Aquiraz)



Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL, em Itaitinga)




Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (CEPIS, em Itaitinga).