Receber correspondências é um desafio em alguns bairros de Juazeiro do Norte

A comunicação evoluiu, mas mesmo com a diversidade de opções de comunicação, principalmente com a chegada da tecnologia digital, o serviço postal, prestado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), ainda é uma necessidade básica. No entanto, apesar da Constituição Federal assegurar a entrega postal a todos os brasileiros, alguns Juazeirenses não dispõem do serviços.

 Resultado de imagem para fotos cidade juazeiro do norte
 
      Foto Internet


Em Juazeiro do Norte, segundo a Gerência da Agência dos Correios local, há pelo menos três bairros que, mesmo parcialmente, não recebem entregas domiciliares. O problema afeta cerca de 2.300 famílias dos bairros Campo Alegre, Monsenhor Murilo de Sá Barreto e Betolândia.

Segundo a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), para atender essas localidade elas devem estar em conformidade com todas as prerrogativas da Portaria Interministerial 4.474/2018, dentre as quais, oferecer condições de acesso e de segurança ao empregado postal e dispor de placas identificadoras instaladas pelo órgão municipal constando rua e numeração ordenada, o que sabemos que é um problema enfrentado pelos moradores de Juazeiro.

badalo