Colisão na BR-116 deixa dois idosos mortos e vários feridos na manhã de hoje Desastre aconteceu no Km 56, entre Pacajus e Chorozinho. Uma van colidiu com caminhão


A colisão lateral matou dois passageiros do micro-ônibus do transporte de pacientes de Russas. Os corpos foram removidos e trazidos para a Pefoce, na Capital
Duas pessoas morreram em consequência de um grave acidente de trânsito ocorrido nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (5), n a BR-116, Rodovia Federal  Santos Dumont, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Uma colisão envolvendo um caminhão e um veículo de transporte de pacientes aconteceu entre as cidades de Chorozinho e Pacajus. Dois idosos que eram trazidos para exames médicos em Maracanaú acabaram morrendo na colisão.

O acidente ocorreu por volta de 5h20, segundo testemunhas. Um micro-ônibus que pertence à Secretaria de Saúde do Município de Russas colidiu com um caminhão que seguia no sentido inverso. Um aposentado de 67 anos de idade,  e uma anciã de 73 anos, ambos passageiros do coletivo, tiveram morte imediata.  Os pacientes iam ser submetidos à cirurgia de catarata.

Além dos dois mortos, outro paciente foi retirado do local em estado considerado grave e trazido para Fortaleza, sendo encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), com suspeita de traumatismo cranioencefálico (TCE).

Outros  22 passageiros, a maioria pacientes idosos, sofreram ferimentos leves ou ficaram ilesos  e foram resgatados por policiais rodoviários federais. Uma equipe do Quartel do Corpo de Bombeiros Militar também foi acionada para auxiliar as equipes do Samu na remoção dos feridos.

Remoção

A colisão ocorreu na pista no sentido Interior-Capital. O local  ainda está parcialmente interditado. Apenas uma pista continua livre para o fluxo de veículos. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) permanecem ali controlando a passagem dos veículos.

Uma equipe da Perícia Forense do Ceará já foi acionada para realizar a remoção dos corpos dos pacientes mortos no desastre.  A identidade deles não foi ainda revelada.
Uma das pistas ainda está interditada no local onde ocorreu o desastre