Agricultor de 21 anos é encontrado assassinado a faca em Potengi

Victor Daniel de Sousa Laurentino, 21 anos Moto a faca em Potenbgi, 16.09.2019 Foto Redes sociais
Victor Daniel de Sousa Laurentino havia se envolvido na confusão em que também foi morto a faca o ex-presidiário Antônio Rogério Moura Alves, o “Rogério de Teresa Grande” na madrugada desta segunda.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes- Foto: Redes sociais


Um jovem de 21 anos foi encontrado por volta das 09h00min desta segunda-feira (16), morto com um golpe de faca caído em um matagal, às margens da Estrada do Brejo, periferia de Potengi (CE). Momentos antes do achado de cadáver, a guarnição policial militar composta pelos Sargentos Jozelito, Lourenço e Santos, Soldados Silviano diligenciava visando à captura dos autores do crime homicídio ocorrido por de 00h40min na localidade denominada de Estrada do Brejo que vitimou o ex-presidiário Antônio Rogério Moura Alves, quando foi procurada por familiares do agricultor Victor Daniel de Sousa Laurentino, 21 anos de idade que residia na Vila Marrocos, zona rural de Potengi/CE que o rapaz estava desaparecido.
Os parentes de Victor Daniel afirmaram que ele teria ido a um “Forró” próximo ao “Bar de Dona Moça”, na Estrada do Brejo, e não havia retornado para casa. Acrescentando que o agricultor participava do evento festivo quando se envolveu na confusão que resultado na morte do ex-presidiário “Rogério de Teresa Grande” e que, segundo comentários de testemunhas, Victor Daniel tinha corrido para um matagal após receber um golpe com arma branca no mesmo conflito em questão. Em ato contínuo populares localizaram o jovem desaparecido já em óbito próximo de onde foi encontrado do corpo de “Rogério de Teresa Grande”.
SAIBA MAIS
Durante as buscas no intuito de prender os agressores da duas vítimas assassinadas, o policiamento militar de Potengi deteve e conduziu a delegacia de Polícias Civil, a pessoa de Reginaldo Ferreira Gonçalves, vulgo “Nanan” a detenção aconteceu após indicativos de populares dele ser o autor do crime originário, porém o denunciado, negou veementemente a autoria e apontou seu irmão, Francisco Ferreira Gonçalves, vulgo “Tôca”, de 20 anos de idade, residente no Sítio Lagoa do Saco, zona rural de Potengi/CE, como acusado de matar os dois jovens de modo que fora liberado por falta de prova contra ele.
Diante dos fatos os policiais realizaram diligências a fim de localizar “Tôca”, porém sem êxito, apurando-se por meio do irmão deste, que o mesmo na companhia da pessoa de Cícero Portugal dos Santos Júnior, 20 anos residente no Sítio Sassaré, em Potengi/CE, envolveram-se, por razão desconhecida, numa briga com “Rogério de Teresa Grande” e Victor Daniel na saída de um evento festivo na Estrada do Brejo, vindo Tôca atingir as duas vítimas a golpes da faca, para em seguida fugir na companhia de Cícero Portugal tomando destino ignorado.
A equipe policial prosseguiu em diligencias, mas sem, contudo até o fechamento dessa matéria conseguir efetuar as prisões dos dois procurados. Ainda de acordo com a Polícia Militar, verificou-se junto ao Sistema de Informações Policiais (consulta integrada), que somente o ex-presidiário “Rogério de Teresa Grande” respondia a procedimento criminal por tráfico de drogas.