Romário volta a ser tema na primeira sessão após o recesso na câmara Municipal de Sobral



O caso que envolve o vereador sobralense Romário Araújo (SD), que teve prisão preventiva decretada, voltou a ser tema na primeira sessão ordinária, desta segunda-feira, após o recesso do meio do ano.
Os vereadores da bancada de oposição, Sargento Ailton Marcos, Tiago Ramos, e Júnior Balreira, puxaram o assunto durante os discursos na tribuna do plenário 5 de Julho.
Para o vereador Ailton Marcos se faz necessário uma mudança na Lei Orgânica do Município, para garantir de imediato a posse de suplente caso um vereador de mandado seja afastado pela Justiça como é caso de Romário.
Já O vereador Tiago Ramos, cobrou mais ação do presidente da Câmara, Carlos do Calisto, que faça valer a decisão de justiça em mandar para a cadeia o vereador afastado de sua função parlamentar.
Romário Araújo, que está sendo procurado pela Polícia da Zona Norte do estado, é acusado de cometer crime de estelionato e crime contra o patrimônio público.