Advertisement

Professores de Barbalha deliberam entrar em estado de greve

 




Em assembleia de professores de Barbalha, realizada na manhã desta quinta-feira (27 de janeiro de 2022) pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade (Sindmub) no salão paroquial, a categoria, deliberou, por unanimidade, ingressar em estado de greve. 

Os professores reivindicam reajuste salarial no percentual de 33,23%, que deve ser aplicado no piso e na carreira, de forma linear. Além disso, a categoria pleiteia mudança de nível por tempo de serviço e por via acadêmica, em conformidade com as leis federal e municipal, melhores condições sanitárias de trabalho e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). 

Os profissionais decidiram intensificar a pressão tendo em vista que a Prefeitura de Barbalha ainda não se manifestou em relação aos reajustes dos servidores, tão pouco dos professores e Agentes de Saúde e de Combate às Endemias, que contam com pisos salariais. 

“O Sindmub dará ciência ao município da decisão da assembleia e aguarda que seja aberta mesa de negociações e que estas avancem de forma a atender as reivindicações das categorias, evitando assim paralisação parcial ou total por tempo indeterminado, dos serviços públicos”, disse o sindicato em comunicado divulgado nos grupos de WhatsApp.

Site Gazeta do Cariri

Postar um comentário

0 Comentários