Advertisement

Main Ad

Taxista recebe dinheiro por engano e procura a Polícia para devolver a quantia


As diligências foram iniciadas após o taxista procurar o 2º Distrito Policial (DP) para informar que havia recebido determinada quantia por engano em sua conta bancária(foto: Divulgação/SSPDS)

As diligências foram iniciadas após o taxista procurar o 2º Distrito Policial (DP) para informar que havia recebido determinada quantia por engano em sua conta bancária(foto: Divulgação/SSPDS)

Com o auxílio da Polícia Civil do Estado do Ceará, o taxista José Valdemir Mota, 49, conseguiu devolver uma quantia que havia sido transferida por engano para a sua conta. O caso foi registrado na tarde dessa sexta-feira, 29, em uma unidade de polícia localizada no bairro Aldeota, em Fortaleza. O valor foi repassado por uma mulher de 58 anos, que utilizaria o dinheiro para dar continuidade a um tratamento de câncer.

Após o taxista procurar o 2º Distrito Policial (DP) para informar que havia recebido determinada quantia por engano em sua conta bancária, as diligências foram iniciadas. Os policiais do 2º DP conseguiram localizar a mulher, que teve o valor devolvido para a sua conta novamente.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a vítima explicou que o dinheiro transferido erroneamente seria utilizado para pagar os custos dos medicamentos e dos procedimentos referentes ao câncer que está tratando atualmente. 

Segundo a Polícia Civil, se apropriar de algo alheio vindo ao seu poder por erro, caso fortuito ou força da natureza, é crime previsto no artigo 169 do Código Penal, resultando em multa e detenção de um mês a um ano.

                                               o Povo 

Postar um comentário

0 Comentários