Ministro do STF que está deixando o cargo pede ao povo brasileiro para “amar a Constituição Federal” - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking


03/07/2021

Ministro do STF que está deixando o cargo pede ao povo brasileiro para “amar a Constituição Federal”

                      


O ministro Marco Aurélio de Melo, após 31 anos e completando 75 anos de idade está deixando o posto de ministro do Supremo Tribunal Federal.  Marco Aurélio se tornou um juiz, após chegar a suprema corte como advogado, indicado pelo seu primo o ex-presidente Fernando Collor de Melo, cassado e, hoje, senador da República.


Na sua despedida , o ministro Marco Aurélio, fez apenas um pedido: que o brasileiro “ame a Constituição Federal”. Ele tem razão ao ponderar que o Brasil tem leis, e que “precisa de brasileiros que a respeitem e políticos que cumpram o texto constitucional”. Marco Aurélio não citou nomes, mas é claro o desconforto do STF com a campanha feita por lulistas e bolsonaristas contra o Supremo Tribunal Federal. Segundo ele, o supremo é atacado por aqueles que não aceitam a presença da lei que promove o equilíbrio da sociedade. 


Julgador implacável, estudioso e constitucionalista, o ministro Marco Aurélio amadureceu segredo do Supremo Tribunal Federal onde chegou ainda jovem, enfrentando de cara o julgamento do primo que o nomeou. 


No seu apelo para o povo “amar a Constituição”, o veterano julgador deu uma boa notícia: “a democracia não está ameaçada e resistirá aos rompantes de governantes”. Msus uma vez o mestre Marco Aurélio tem razão. Todos os presidentes que passaram e o atual   reclamam da constituição quando deveriam defendê-la. O modelo americano e exemplar. O presidente do país defende a constituição e a bandeira do país, sem exaltando o amor à pátria, a constituição e ao povo. 


A sociedade brasileira ainda vive um processo de construção de sentido de nação, por isso é caracterizada como paciente, pacifista. Vejam o exemplo. Estados Unidos e Europa estão vacinando em massa e vencendo a pandemia de Coronavirus. O Brasil, país líder da América do Sul, discute pagamento de propina para compra de vacina. Debate uso de máscara e se vale a pena o isolamento social. Pela força do Brasil como 8ª economia o planeta, era para ter governo respeitando as leis e não questionando.


O ministro Marco Aurélio vai para a aposentadoria compulsória porque aos 75 anos não pode mais permanecer no serviço público, mas deixa o legado de um juiz Ético, defensor das leis, das liberdades e da democracia. Ao povo brasileiro  cabe a responsabilidade de buscar seu caminho elegendo homens públicos que ofertem a nação educação, saúde, segurança e lições de respeito a constituição e não péssimos exemplos de tentar rasgar as regras que regem um país. 



                     jORNALISTA ROBERTO MOREIRA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.