Governo escolhe Quixadá para sediar Centro de Zoonoses e Edemias Regional - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

10/06/2021

Governo escolhe Quixadá para sediar Centro de Zoonoses e Edemias Regional

 



O município de Quixadá foi escolhido em uma disputa entre cidades do Sertão Central para ser sede de uma unidade que vai abrigar equipamentos de vigilância e controle de endemias, zoonoses e entomologia. O comunicado foi oficializado pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa).

Conforme nota da Sesa, a Terra dos Monólitos participou de uma avaliação feita por técnicos da Secretaria para escolher qual das cidades da região teria a capacidade de sediar o Centro que abrigará os equipamentos. Quixadá teve o nome lançado na disputa, junto com Quixeramobim e Canindé e ao final, foi a escolhida.

Questões geográficas e de qualidade na infraestrutura encontrada, favoreceram a escolha da comissão pelo nome de Quixadá. A decisão veio após a realização de uma Comissão de Intergestores Regionais (CIR), que avaliou as especificações e exigências da Sesa. A secretária de saúde de Quixadá, Benedita Oliveira, detalhou os critérios que favoreceram a escolha pelo nome do município.

“Como membro da comissão dos municípios que participavam da disputa, eu apresentei a defesa, mostrando detalhadamente os critérios que Quixadá atendia. Tínhamos o terreno que será utilizado na construção do local que vai abrigar os equipamentos, além da questão da acessibilidade, tendo em vista que o município é bem acessível para os demais que serão atendidos”, destacou a titular da Saúde.

De acordo com Benedita, um total de 20 municípios serão assistidos pelos serviços disponibilizados por Quixadá. Serão construídos um laboratório de entomologia, uma Unidade de Vigilância em zoonoses e uma base da Unidade Ultra Baixo Volume, que devem contribuir ainda mais para o fortalecimento da saúde do Sertão Central.

Com a escolha, caberá a Quixadá ficar a frente das atividades de vigilância e controle vetorial das endemias, zoonoses e entomologia. “O município não vai ter despesas com obras, tudo vai ser construído pelo Governo do Estado. É um ganho significativo, tendo em vista que Quixadá estará referenciado do ponto de vista da área de enfrentamento às zoonoses”, afirmou a secretária Benedita Oliveira.


                                                                 Sertão Alerta 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages