Setor de Pedras exportou US$9,5 mi até abril - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

24/05/2021

Setor de Pedras exportou US$9,5 mi até abril

 

O setor de pedras naturais que compreende mármores, granitos, quartzitos, limestones e outras começou o ano em crescimento no Ceará. Foram exportadas, em abril 2,9 milhões de dólares de pedras do estado, em abril do ano passado foram 1,7 milhões de dólares. O setor começou o ano chamando atenção. Foram exportados US$3,7 milhões em janeiro deste ano, enquanto em janeiro de 2020 nem chegaram a um milhão, ficando em US$853 mil.

FOTO DIVULGAÇÃO / QUARTZITO TAJ MAHAL


No período entre janeiro e abril, o setor já acumula 9,5 milhões de dólares de exportações em 2021, contra 6,5 milhões no mesmo período do ano passado.O aumento foi de quase 46%, das exportações do setor na comparação entre 2020 e 2021. Ao comparar com o ano de 2019, antes da pandemia, o crescimento é um pouco menor, mas ainda bem significativo. Em 2019 o setor exportou 7,5 milhões de dólares nos quatro primeiros meses do ano, o crescimento é de 32% este ano. Já no saldo da balança comercial do setor o crescimento chega a 35,6%, de 2019 para 2021.


No acumulado do ano, o setor aumentou a participação na balança comercial do Ceará em meio por cento. A maior participação nesse aumento foi de Quartzitos, mesmo desbastados ou simplesmente cortados a serra, em blocos ou placas. Esse tipo de pedra exportou 3,6 milhões de dólares este ano até o fim de abril. Já para o granito, simplesmente talhado ou serrado, de superfície plana ou lisa, a exportação chegou a 3,2 milhões, e o crescimento foi de 85,9%. E no caso do granito, simplesmente cortado a serra, em blocos ou placas de forma quadrada ou retangular, foi 1,3 milhão.
Os principais países compradores das pedras no Ceará continuam sendo Itália, Estados Unidos, China, Canadá e Espanha. Destaque para Itália e Estados Unidos, que compraram respectivamente US$4,1 milhões e 4 milhões.

O aumento de exportações das pedras naturais do Ceará para os Estados Unidos foi o mais significativo, com um crescimento de 91,5% nos quatro primeiros meses de 2020 em relação a 2021. As exportações para a Itália cresceram 26% de um ano para o outro.


No Ceará os municípios com as empresas que mais exportam são Caucaia, Fortaleza, Uruoca, Santa Quitéria e Sobral. O estado é o terceiro do país no setor. Em primeiro lugar está o estado do Espírito Santo com 282 milhões de dólares em exportação de pedras nos quatro primeiros meses. Depois vem o estado de Minas Gerais com 37 milhões de dólares e em terceiro o Ceará com 9,5 milhões. Os dois primeiros estados tiveram aumento de 28% nas exportações. Além do Ceará, a Bahia e o Rio Grande Norte também registraram crescimento nas exportações de pedras naturais.


O presidente do Sindicato das Indústrias de Mármore e Granitos no Ceará, o empresário Carlos Rubens Alencar, mestre em geodinâmica e recursos minerais, afirma que o setor tem um potencial de crescimento exponencial, porque empresários de outros estados do país, como o Espírito Santo, ainda extraem pedras daqui para fazer o beneficiamento e depois exportar. “Nosso potencial de crescimento é enorme, podemos chegar a exportar 200 milhões de dólares por ano”. O empresário afirma ainda que o Ceará tem pelo menos trinta tipos de pedras com características que só são encontradas aqui, e que nos últimos anos o estado começou a extrair também o quartzito, que tem um alto valor de mercado no mundo. A entrevista completa com Carlos Rubens Alencar, sobre o crescimento do setor de pedras naturais


                            O estado ce 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages