Gerente de banco é presa em operação contra fraude com carros alugados - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

14/05/2021

Gerente de banco é presa em operação contra fraude com carros alugados

 



O veículo foi encontrado com a gerente do banco (Foto: Foto: Polícia Civil do Ceará)
O veículo foi encontrado com a gerente do banco (Foto: Foto: Polícia Civil do Ceará)


Um esquema fraudulento realizado pelas redes sociais, de aluguel de carro para o uso de aplicativos e, posteriormente, para revenda com registros falsos de roubos, foi descoberto pela Polícia Civil. Três mulheres foram presas, entre elas a gerente de uma agência da Caixa Econômica Federal. Nenhuma apresentava antecedentes criminais. Pelo menos cinco vítimas já foram identificadas.

De acordo com as investigações, duas mulheres, identificadas como Joenya Kérbia Gondim de Miranda, 38, e Socorro Monteiro da Silva, 36, ambas sem antecedentes, procuravam as vítimas pelas redes sociais e ofereciam alugar o carro delas, afirmando que o objetivo de trabalhar em transporte por aplicativo. Depois disso, registravam Boletim de Ocorrência por roubo ou furto e desapareciam.  Segundo a Polícia, elas se passavam por motoristas de aplicativo e diziam que o aluguel do carro era para o trabalho e que pagariam semanalmente e, depois, desapareciam com o veículo. As duas mulheres foram presas na tarde da última quarta-feira, 12.

As primeiras prisões foram de duas mulheres, após a Polícia receber denúncia de pessoas que teriam alugado veículos a elas e não conseguiam mais localizá-las. A dupla então apontou a participação da gerente da Caixa, que teria receptado pelo menos dois veículos. Um dos carros, de modelo Onix, era o mesmo que tinha sido alugados pelo homem que procurou a Polícia.

De acordo com a Polícia, a gerente revendia os carros por até 1/3 do valor real. Os integrantes da quadrilha ganhavam R$ 500 para entrar no esquema, além de receberem R$ 1.000 a cada carro roubado. A Polícia não divulgou a identidade do mentor. Um dos veículos reivindicados na denúncia das vítimas foi encontrado na residência da gerente e outro carro foi entregue à Polícia pelo namorado dela.

Pedro Viana, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas avisa que a quadrilha atuava, pelo menos, desde o mês de abril em Fortaleza. Ele pede que outras pessoas que passaram pelo golpe se dirijam até à DRFVC, na Maraponga.

Alguns dos veículos passavam por desmanches revendidos para receptadores. A Polícia ainda procura a pessoa que seria identificada como "cabeça" do esquema de fraude.

 

Serviço

 

Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas

Avenida Godofredo Maciel, 2800 - Maraponga.

Informações: 3101-2492 

                                    ( O povo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages