Festas clandestinas com aglomeração de pessoas são encerradas nos municípios de Pentecoste e Guaiúba - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

16/05/2021

Festas clandestinas com aglomeração de pessoas são encerradas nos municípios de Pentecoste e Guaiúba

Festa clandestina com aglomeração de pessoas, em Guaiúba, foi encerrada pela PMCE neste domingo, 16
 (Foto: Divulgação/ PMCE)
Festa clandestina com aglomeração de pessoas, em Guaiúba, foi encerrada pela PMCE neste domingo, 16 (Foto: Divulgação/ PMCE)

Uma festa, com cerca de 50 pessoas e paredões de som, foi encerrada no município de Pentecoste, na madrugada deste domingo, 16. Policiais Militares da 2ª Companhia do 11º Batalhão Policial Militar foram acionados, por volta das 4 horas, após denúncias sobre o evento irregular e por perturbação do sossego.

No local, os agentes encontraram pessoas aglomeradas (em desacordo com o decreto governamental em vigência), fazendo uso de bebidas alcoólicas e de som alto. Dois paredões de som foram apreendidos.


 Os proprietários dos veículos acoplados com os paredões foram identificados e, juntamente com os aparelhos de som, foram levados à Delegacia Regional de Itapipoca. Na unidade de polícia judiciária, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por infringirem determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.


Guaiúba

Também na madrugada deste domingo, 16, outra festa clandestina foi encerrada no município de Guaiúba. Na ocasião, 11 pessoas, entre elas a organizadora do evento e o proprietário do imóvel, foram levadas à Delegacia Metropolitana de Horizonte.

Conforme a Vigilância Sanitária do Estado, uma rave estava marcada para acontecer no local e tinha expectativa de público de 4.500 pessoas. Essa mesma festa já havia sido impedida pela Policia Militar, em fevereiro.

Policiais Militares do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), em conjunto com agentes da Vigilância Sanitária, fecharam o espaço antes de o evento começar.

O órgão afirma ainda que havia "muitos alimentos sem a menor obediência às boas práticas de armazenamento e manipulação de alimentos, o que poderia causar um surto de doenças transmitidas por alimentos".

A organizadora da festa foi autuada por não usar máscara e afirmar não ter.

Denúncias


Denúncias de aglomerações e outros descumprimentos à medidas contra a Covid-19 podem ser feitas por meio do 190.

                                  ( O povo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages