Camilo aponta preocupação sobre chegada de vacinas: "Não há perspectiva" - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

14/05/2021

Camilo aponta preocupação sobre chegada de vacinas: "Não há perspectiva"

 

Governador Camilo Santana anunciou novas medidas para flexibilização das restrições das atividades econômicas na noite desta sexta-feira, 14. (Foto: CARLOS GIBAJA/ GOV. DO CEARA)
Governador Camilo Santana anunciou novas medidas para flexibilização das restrições das atividades econômicas na noite desta sexta-feira, 14. (Foto: CARLOS GIBAJA/ GOV. DO CEARA)

A continuidade da entrega de vacinas ao Ceará nas próximas semanas é uma preocupação enfatizada pelo governador Camilo Santana (PT). Em live nesta sexta-feira, 14, para anúncio de novo decreto, o chefe do Executivo estadual citou a paralisação da produção dos imunizantes por parte do Instituto Butantan, devido à falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA).

“Nós (os governadores e a embaixada do Brasil) estamos em tratativa com a China para que eles possam liberar o embarque do IFA para o Brasil. Não há perspectiva neste momento da data que receberemos novas vacinas do Butantan”, enfatizou Camilo. O Instituto aguarda a liberação pelo governo chinês de um lote com dez mil litros de IFA para retomar a produção.

Ele ainda comentou sobre a situação da produção da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pela fabricação das vacinas da Oxford/Astrazeneca. A instituição tem insumos suficientes para a produção de vacinas até a semana que vem e aguarda novas cargas do IFA para continuar a produzir os imunizantes.

Em nota, a Fiocruz considerou que a produção será paralisada por alguns dias na próxima semana, mas ainda não há como definir se isso impactará nas entregas ao Ministério da Saúde. Novas remessas do IFA devem ser entregues nos dias 22 e 29 deste mês. No momento, estão sendo processadas um milhão de doses da vacina por dia, e a instituição segue avaliando alternativas para aumentar ainda mais essa capacidade.

Durante as transmissões ao vivo, Camilo defende recorrentemente a importância da vacinação para que seja possível retornar à normalidade no Estado. Ele considerou que a redução dos imunizantes levará o Estado a ter ainda mais zelo durante as próximas semanas. A vacina da Pfizer deverá continuar chegando ao Ceará, mas em quantidade significativamente inferior em relação às outras duas.

O gestor lembrou que aguarda ainda a autorização para importação das doses da vacina russa Sputnik V, adquiridas pelo Estado e barradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no último dia 26 de abril. A administração estadual também segue em tratativas com outros laboratórios chineses para aquisição direta de vacinas.

Até esta sexta-feira, cerca de 860 mil pessoas foram imunizadas completamente contra a Covid-19 no Ceará  — com aplicação das duas doses do imunizante. O número é equivalente a 9,3% da população cearense. No total, 2,3 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas no Estado durante a campanha de vacinação, iniciada há quase quatro meses e guiada por diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. O balanço foi divulgado pelo Vacinômetro da Sesa com base em dados coletados até as 17 horas dessa quinta-feira, 13.

                         ( O povo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages