13/04/2021

O orgulho de um piloto da Ciopaer na missão de transportar as vacinas para os cearenses

  blogdoamauryalencar.blogspot.com.br       13/04/2021

 



Logo que foi informado que seria personagem da série “Avançando Juntos” do Governo do Estado do Ceará, que tem como objetivo retratar o trabalho de alguns dos milhares de profissionais que estão na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19, o tenente-coronel da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Kléber Nóbrega, fez questão de se antecipar e dizer o quão emotivo é quando se trata desse tipo de pauta. O oficial, que atua há 21 anos na Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), narra com orgulho a experiência de servir à sociedade pilotando as aeronaves Fênix, especialmente nos últimos meses nos quais as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 desembarcaram em território cearense e começaram a ser distribuídas para todo o Estado.

Por falar nisso, a chegada de novas doses dos imunizantes é sempre um motivo para o renascimento da esperança de dias melhores e de que essa desafiadora fase passará em breve. Coincidência ou não, o grupamento composto por pilotos, tripulantes e aeronaves da Ciopaer se chama “Esquadrão Fênix”. Ou seja, o grupo traz consigo o nome de uma ave mitológica que representa exatamente o ato de renascer. Foi a bordo de uma das aeronaves Fênix, que ele descreve como “brilhante ferramenta de trabalho”, que Nóbrega realizou a 13ª entrega de mais um lote de imunizantes na última sexta-feira (9), após o desembarque de 170.450 doses no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins.

Antes de falar sobre suas missões, o tenente-coronel já se preparava para seguir até o ponto exato na área do aeroporto, onde as caixas contendo as vacinas são embarcadas nas aeronaves, sob a supervisão de profissionais da Secretaria da Saúde (Sesa). Vestindo o tradicional macacão de cor verde e com os brasões que identificam a sua corporação de origem e a coordenadoria onde se encontra lotado, ele fala sobre o esquema de logística em torno das entregas e reforça a importância da integração entre as pastas.

“É uma atividade que já é, por si só, empolgante. Junte-se a isso também essa atividade da aviação. Utilizamos essa brilhante ferramenta de trabalho para conciliarmos as missões, promovendo a ordem pública e conseguindo trazer essa tranquilidade ao povo cearense. Não só na parte de segurança pública em si, mas também por meio dessa parceria com a Secretaria da Saúde”, destaca.

Trabalho em equipe

Enquanto falávamos com o oficial era possível perceber a mobilização de todos os pilotos e tripulantes da Ciopaer que preparavam as aeronaves Fênix 05, 08 e 09 desde as primeiras horas da manhã para o transporte dos carregamentos com destino às cidades de Acaraú, Aracati, Camocim, Limoeiro do Norte, Quixadá, Russas, Brejo Santo e Juazeiro do Norte e Sobral. Pontualmente às 8 horas da manhã, os helicópteros levantaram voo e seguiram até um galpão próximo onde as vacinas foram retiradas de um caminhão e colocadas nas aeronaves. Com cuidado, os profissionais da Ciopaer amarraram as caixas com alguns aparatos, de forma que os imunizantes se mantivessem seguros durante toda a viagem.

”Eu posso afirmar que foram centenas de resgates e outras missões realizadas, não somente pela Ciopaer, mas também naquelas que participamos diretamente. Hoje nós temos um sentimento de maior gratidão, pois estamos levando as vacinas a todo o povo cearense, que nesse momento ainda precisa se isolar. Estamos aqui correndo esse risco necessário em nome de toda a população”, expõe orgulhoso por fazer parte de toda uma equipe mobilizada para que as vacinas cheguem nos locais mais isolados do Estado. “A Secretaria da Segurança junto com a Secretaria da Saúde tem envidado esforços a partir do governador Camilo Santana, para que essas vacinas cheguem a todos. Mesmo aquelas pessoas lá na ponta, no rincão mais distante do Estado, as vacinas estão chegando graças a esse trabalho”, disse com o olhar emocionado.
Quando questionado se houve algum momento durante as entregas que mais o tocou, ele afirma que a alegria e o comprometimento de todas as pessoas envolvidas são o que mais o emociona. “O que eu tenho observado, além da boa receptividade das pessoas, é o sentimento de que as coisas vão melhorar. É algo bem nítido. O que mais tem me emocionado é ver a alegria dos profissionais envolvidos. Não só da Ciopaer, mas também da Secretaria da Saúde. Desde o motorista do caminhão que chega com as vacinas para distribuir até os médicos. É uma alegria ajudar o próximo, sem medir esforços, sem dia e sem hora, todos juntos para cuidar do nosso povo”, disse o tenente-coronel.

Após os últimos preparativos, o oficial embarcou em uma das aeronaves “caçulas” da Ciopaer, a Fênix 09, recém-adquirida pelo Governo do Estado para missões operacionais e de salvamento, e que agora participa das distribuições das vacinas semanalmente. Nóbrega seguiu até as cidades de Aracati, Limoeiro do Norte e Russas.


Doses de esperança

O Estado recebeu a 13ª remessa de vacinas do Programa Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde e de responsabilidade do Governo Federal, na quinta-feira (8). Ao todo, são 170.450 doses, sendo 91.250 do imunizante desenvolvido por Oxford/AstraZeneca e 79.200 da Coronavac/Sinovac. Com ela, o Ceará soma 1.875.550 doses recebidas.
logoblog

Thanks for reading O orgulho de um piloto da Ciopaer na missão de transportar as vacinas para os cearenses

Previous
« Prev Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.