MPCE instaura procedimento para apurar supostos desvios e desorganização na aplicação das vacinas em Quixeramobim

 



O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 1ª Promotoria de Justiça de Quixeramobim, instaurou procedimento hoje (23/03), para apurar supostos desvios e condutas na aplicação da vacina contra o novo coronavírus em Quixeramobim. O órgão ministerial oficiou a Secretaria de Saúde do Município para informar detalhes sobre o Plano de Vacinação municipal. 

O procedimento, instaurado pelo promotor respondendo pela 1ª Promotoria de Justiça de Quixeramobim, apura suposta desorganização e indícios de desvio na aplicação das vacinas. Desse modo, a Secretaria de Saúde de Quixeramobim deve informar ao MPCE todas as medidas adotadas e informações referentes à aplicação da vacina no Município. 

Isso inclui dados sobre vacinados, locais de vacina, responsáveis pelo controle da imunização nesses locais e qual o protocolo de atendimento e comunicação adotado junto à população imunizada. O procedimento investigatório tem caráter criminal. 

(Com Ascom MPCE)

Postar um comentário

0 Comentários