"Grande equívoco", diz prefeito de Paracuru sobre denúncia de vacinados da CGU

 




Vacinação segue no Ceará. (Foto: FABIO LIMA)
Vacinação segue no Ceará. (Foto: FABIO LIMA)

O prefeito de Paracuru, Wembley Beim (PDT), considerou que os registros das pessoas do município que supostamente receberam mais de duas doses da vacina contra o novo coronavírus foi um “grande equívoco da Controladoria Geral da União (CGU).”

Na denúncia, a CGU identificou mais aplicações que o necessário conforme os CPFs que constam nos dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (Sipni). São vacinas provenientes de institutos diferentes. Há registros de casos assim em 56 municípios, sendo 242 em Fortaleza. Paracuru é o segundo município com mais registros: 230.

O chefe do Executivo municipal supõe que o órgão se enganou no cruzamento dos dados de dois sistemas que são alimentados simultaneamente, de acordo com orientações do Ministério de Saúde: o Plano Nacional de Imunização (PNI) e o eSUS Nacional. Beim afirma que a Secretaria Municipal de Saúde identificou o erro e questionará o órgão fiscalizador.

Postar um comentário

0 Comentários