Empresários relatam ‘cenário de horror’ nos hospitais com fim de remédios

 



Na reunião com empresários do setor de Saúde na segunda, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o chefe da Câmara, Arthur Lira, ouviram relatos de horror em curso nas unidades médicas país afora.

Com o esgotamento dos estoques de sedativos e outros medicamentos utilizados para intubação nos casos de Covid-19, o fim do efeito das doses administradas jogaria os pacientes já em estado grave em profundo choque. “A morte mais horrível possível”, resume um dos interlocutores de Pacheco na reunião.

Além de acelerar a compra desses medicamentos, os empresários se mostraram preocupados em liberar os caminhos para que empresas possam começar a comprar logo vacinas para seus funcionários. Multinacionais, por exemplo, teriam caminhos próprios para conseguir vacinar sua força de trabalho, abrindo caminho para melhorar os números da pandemia.


A conversa com os empresários será relatada por Pacheco e Lira a Bolsonaro nesta reunião de quarta. O que sairá dessa conversa ainda é incógnita.


                 Veja 

Postar um comentário

0 Comentários