Revisão tarifária e isenção de taxa são alguns dos pontos para manifestação de topiqueiros no Cariri

 








     



                                                     Foto >  Divulgação 


Ocorreu hoje (12), uma manifestação realizada pelos trabalhadores do transporte alternativo intermunicipal que fazem rota pelo Cariri.

Segundo Rangel Lucio, da diretoria da Cooperfab, que faz a rota entre Farias Brito a Crato, a ação vai muito além do fato de as rotas estarem paradas pelos próximos dias, tendo o “intuito de chamar a atenção do Governo do Estado para que eles nos olhe com bons olhos e nos dê a importância que merecemos, pois somos uma categoria unida e muito importe que gira a economia de todo o estado”, afirmou Rangel.

A manifestação ocorreu ao longo da Avenida Padre Cícero, com concentração em frente a TV Verdes Mares a partir das 11h. Entre os principais pontos estão:

  • 1.Isenção da taxa da ARCE durante todo o período de pandemia;
  • 2. Mais parcelas referentes ao subsidio que havia sido ofertado e que nelas sejam incluídas todas as cooperativas, licitadas e não licitadas;
  • 3. Revisão na tarifa 2021;
  • 4. Revisão dos critérios estabelecidos para isenção do IPVA dos veículos;
  • 5. Requerimento que o governador receba os representantes do movimento para tratar das demandas.

“Estamos sentindo no bolso o aumento do combustível e seus derivados e também na manutenção de nossos veículos. No entanto, na contramão desses aumentos, a ARCE [Agência Reguladora do Estado do Ceará] resolve reduzir o valor tarifário”, afirmou Rangel.

O Governo do Estado anunciou a suspenção do transporte entre cidades na noite da última quarta-feira (10). A suspenção é válida de hoje até o próximo dia 17, quarta-feira de cinzas, e integra um pacote de medidas para conter o avanço do coronavírus durante a data que seria o carnaval. 

                               (Badalo) 

Postar um comentário

0 Comentários