Prefeito de Altaneira lança nota sobre Operação Salus

 









          


                                                          Foto > Diário do Rio 



Em nota batizada de “Carta aberta aos altaneirenses” lançada na rede social Instagram na noite de ontem (12/02) o prefeito de Altaneira, Dariomar Rodrigues (PT), comenta pela primeira de vez de forma direta Operação Salus, investigação policial que culminou com a prisão preventiva de 13 pessoas, sendo dois secretários municipais (Finanças e Saúde), um ex-secretário de Saúde, dois empresários, servidores e assessores do prefeito.

Conduzida pelo Núcleo de Repressão à Lavagem de Dinheiro e Combate à Corrupção (NRLD) da Polícia Civil a Operação Salus que investiga ilícitos penais como Lavagem de Dinheiro, Peculato, Associação Criminosa e Fraude à Licitações em Concurso Material de Crimes na gestão municipal.

Dariomar inicia a nota falando em “sonho” e que busca como prefeito “fazer mais para os que mais precisam e fazer para todos aqueles que menos têm”, diz que não ver nas dificuldades um obstáculo para impedir de ajudar o seu povo e sua gente.

Afirma que uma das grandes armas que o norteia e o protege, “é acreditar na Justiça, primeiramente a justiça de Deus, que dessa ninguém foge, e depois a justiça dos homens”.

Na nota o prefeito tenta justificar o seu silêncio por 60 dias em relação Operação Salus, afirmando que em nenhum momento desviou da retidão e da honestidade na vida pública.

“Silenciei em respeito à dor das famílias dos que sofreram com o afastamento de seus entes queridos, me compadeci em ver as lágrimas nos olhos daqueles que me procuravam pedindo ajuda e assim, cada vez mais, acredito na justiça e sempre estarei do lado dela”, diz a nota.

Alega ainda que mesmo atravessando as dificuldades em administrar uma cidade durante a pandemia, está de cabeça erguida, olhando adiante e “crendo em Deus que as coisas irão se normalizar” e aqui estarei eu, sempre com meu povo e a disposição de tudo e de todos para crer que “não há nada em oculto que não venha a ser revelado” e que nunca fugirá das suas obrigações como homem, como pai de família e como prefeito.

O prefeito Dariomar diz ainda que sempre esteve à disposição da Justiça, que nunca fugiu e nunca fugirá de prestar se necessário for, toda e qualquer informação.

“Tenho certeza, que saberemos junto com a Lei e a Ordem de tudo o que aconteceu na nossa Altaneira e assim, para todos aqueles que fizeram algo que vinhesse a prejudicar a vida dos altaneirenses, possam pagar com a Luz da Justiça pelos seus erros, como também a todos os inocentes, a chance de provar essa inocência”, encerra a nota






            Blog de Altaneira 

Postar um comentário

0 Comentários