ESURD passa primeiro ano sem desfile na avenida, em Várzea Alegre

 










Aos 58 anos de fundação, a Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro – ESURD terá o seu primeiro ano que não fará apresentação na avenida com o seu desfile temático.

Isso é devido a pandemia do novo coronavírus, que impôs um novo normal em tudo e silenciou os sons da velha escola no tradicional domingo de carnaval, pelo menos em 2021.

O assunto foi até tema da TV Verde Mares, nesta sexta-feira, 12, no programa Bom Dia Ceará.

Os integrantes da agremiação, Marta Alves e Vicente Menezes, falaram à emissora, da trajetória da escola, e que mesmo nas dificuldades a ESURD saía no carnaval, mantendo a tradição.

Mesmo não se apresentando, neste domingo a escola estará com uma live para falar um pouco da agremiação, que é considerada a primeira escola fundada por agricultores no Brasil.

O último desfile da escola contou a história de Dr. Pedro Sátiro, Com o tema “Tributo a doutor Pedro: Uma história de vida cantada em samba”, a homenagem foi em virtude dos 90 anos do médico que foram completados no dia 31 de janeiro de 2020.

Foto do desfile de 2020 | Rede Social
   Várzea Alegre Agora 

Postar um comentário

0 Comentários