Polícia Civil apreende ecstasy e prende suspeito de tráfico interestadual de drogas, em Juazeiro do Norte

 











Dando continuidade ao combate ao tráfico interestadual de drogas, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, prendeu na manhã desta quarta-feira (10), um homem suspeito de traficar drogas sintéticas na região do Cariri. Durante a ofensiva de hoje, mais de 300 comprimidos de ecstasy e três litros de loló foram apreendidos. A prisão do suspeito ocorreu na rodoviária de Juazeiro do Norte, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado.

As investigações de hoje fazem parte da ação policial que, em novembro do ano passado, resultou na maior apreensão de drogas sintéticas do Cariri. O homem capturado hoje, identificado como João Lucas de Sousa Sevirino (24), que já responde por tentativa de homicídio, furto qualificado, disparo de arma de fogo, posse irregular de arma de fogo, além de dois procedimentos por tráfico de drogas, é o proprietário do entorpecente apreendido naquela época.

Contra João existia um mandado de prisão em aberto pelo tráfico interestadual de drogas. Por conta disso, os policiais continuaram investigando o homem e descobriram que ele estava em Campina Grande, na Paraíba, retornando para Juazeiro do Norte. Com as investigações, foi possível identificar que o suspeito vinha de ônibus. Então, os policiais realizaram diligências para capturá-lo.

O homem foi abordado após desembarcar de um ônibus. Para viajar sem levantar suspeitas, João utilizava um nome falso. Com ele, a Polícia apreendeu 308 comprimidos de ecstasy, além de três litros de loló e uma pequena quantidade de maconha. Desta forma, além de dar cumprimento ao mandado de prisão, também foi registrado um flagrante pelo tráfico de drogas e crime de falsa identidade. A Polícia Civil segue investigando o fato.

Ação anterior

As investigações sobre o suspeito iniciaram após as prisões de dois universitários, estudantes de medicina e psicologia. A ofensiva policial foi realizada dia 23 de novembro, na cidade de Mauriti. Com eles, a Polícia Civil apreendeu 750 comprimidos de ecstasy e 25 selos de LSD. A quantidade representou a maior apreensão de droga sintética na região do Cariri em 2020.

Na época, George Otávio Ferreira Sampaio (20) e Hanna Maria Teófilo Barroso Leite (22), ambos sem antecedentes criminais, foram capturados após receberam a droga na cidade de Conceição, na Paraíba, e retornarem ao Ceará. A dupla foi abordada na rodovia CE-384, na zona rural de Mauriti, próxima à divisa com a Paraíba, quando trafegavam em uma motocicleta. Com eles, a Polícia Civil localizou toda a droga que estava guardada em uma caixa, além de aparelhos celulares. As investigações policiais apontaram que a droga era oriunda da capital paraibana e que foi transportada até o município de Conceição, onde a dupla recebeu os ilícitos que posteriormente seriam distribuídas pelo Cariri cearense.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com os trabalhos na região repassando informações que auxiliem as equipes policiais. As denúncias pode sem feitas para o número (88) 99861-6987, que é o WhatsApp do Núcleo, por onde podem ser realizadas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos. 

   SSPCE 

Postar um comentário

0 Comentários