Com horário de funcionamento reduzido, donos de bares e restaurantes protestam contra decreto

 








Nesta quinta-feira (04), donos de bares e restaurantes realizam um protesto contra o decreto em vigor que limita o horário de funcionamento dos serviços não essenciais. A reivindicação é organizada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e pede ao governo, o funcionamento desses estabelecimentos até 23h.

Participam do ato, empresários, garçons, músicos, cozinheiros, bartenders e outros trabalhadores que atuam em restaurantes. 

A estimativa da Abrasel é que, com a decisão do governo, o fechamento de empresas desse setor deve aumentar em 50%. A manifestação está concentrada em frente à Assembleia Legislativa do Ceará.


Participam do ato, empresários, garçons, músicos, cozinheiros, bartenders e outros trabalhadores que atuam em restaurantes.

A estimativa da Abrasel é que, com a decisão do governo, o fechamento de empresas desse setor deve aumentar em 50%. A manifestação está concentrada em frente à Assembleia Legislativa do Ceará.

                    ( Ceará Agora) 

Postar um comentário

0 Comentários