Filha de varzealegrense morre em acidente em Jaguaribe

 






Uma colisão entre um carro e um caminhão, na BR-116, tirou a vida de quatro pessoas, entre elas uma filha de uma varzealegrense e deixou uma gravemente ferida, na madrugada deste domingo, 20.

O acidente vitimou os quatro ocupantes do automóvel, que seguia de Juazeiro do Norte para Fortaleza. Já o motorista do caminhão saiu ileso.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal – PRF, ao Jornal Diário do Nordeste, o acidente aconteceu no quilômetro 314, da rodovia, em Jaguaribe, por volta das 0h50.

Entre os mortos estão a professora Ana Patrícia Paes da Silva e seu namorado, o estudante Hércules de Souza Moreira, de 23 anos.

Além disso, morreram na colisão a estudante e cozinheira Ana Beatriz de Almeida Ricarte, 21 anos, filha da varzealegrense Antônia Anésia de Almeida Ricarte e sobrinha da professora de Várzea Alegre, Lúcia Costa.

É com o coração carregado de tristeza que hoje nos despedimos de nossa Bia(sobrinha) que Deus te acolha no reino do Céu minha linda…” disse Lucia Costa, em uma rede social.

No veículo morreu também a engenheira civil Hayarla Mirley Matias de Sousa, dona do veículo.

Uma mulher, identificada como Rebeca Mariah de Sousa Ferrer, psicóloga, que também estava com o grupo, foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jaguaribe, em estado grave. De lá, ela foi transferida ainda nesta manhã para o Instituto José Frota (IJF), em Fortaleza.

O veículo do acidente é um Toyota Etios, que seguia no sentido de Fortaleza, quando colidiu frontalmente com o caminhão, modelo VW/24.280, no sentido contrário. O impacto deixou o caminhão sobre o carro, que tombou na lateral da pista.

Segundo a dona de casa Antônia Anésia, mãe de Ana Beatriz, a filha resolveu viajar poucas horas antes de partirem. Ela ligou para a família avisando que dividiria a gasolina e viajaria para Fortaleza em passeio.

Ela era tudo para mim”, disse emocionada.

Beatriz residia em Juazeiro do Norte, cidade natal, sua mãe é do sítio Canaúbas, distrito de Canindezinho. O corpo de Beatriz será transladado para o sítio Carnaúbas e sepultado ainda no final da tarde deste domingo, 20, no Cemitério da Saudade, em Várzea Alegre.

Postar um comentário

0 Comentários