Ainda repercute a fala do prefeito de Quixeramobim, Clébio Pavone (PP), nesta sexta-feira, 21, ao Sistema Maior de Comunicação. Pavone, derrotado no último dia 15 de novembro, falou sobre sua vida após o 2020. Clébio disse que iria voltar para sua vida normal a partir de 2021 e que sua base eleita na Câmara, cinco vereadores do PP, farão uma oposição responsável ao prefeito eleito Cirilo Pimenta (PDT).

Sobre seu futuro político, Clébio já manifestou interesse na eleição de 2022. O atual gestor de Quixeramobim lamentou que a cidade não possui nenhum filho da cidade na Assembleia Legislativa. Sobre o assunto ele afirmou: "Vou trabalhar para que meu nome seja lembrado. Eu sempre sonhei. Eu já vinha falando nas minhas reuniões. Quixeramobim não pode ficar sem uma cadeira na Assembleia".  

Quixeramobim agora 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib