A Polícia Militar do Ceará encerrou, na noite de sexta-feira (6), uma festa com cerca de 300 pessoas em um estabelecimento comercial no município de Mauriti, no Sul do Ceará. O evento ocorria no distrito de São Félix, zona rural da cidade. Denúncias sobre som alto e aglomeração de pessoas levaram a polícia ao local.

Conforme a PM, ao chegar ao estabelecimento a situação foi constatada, e após a dispersão do público, o proprietário do local foi conduzido para a Delegacia Regional de Brejo Santo, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelos crimes previsto no artigo 268 do Código Penal, já que, conforme a PM, "desobedeceu ao Decreto 62, de 26 de outubro de 2020, referente as medidas de isolamento no município de Mauriti".

Em nota, a PM reforça que "conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde previstos em legislação vigente acerca da prevenção à Covid-19 e esclarece que denúncias de aglomerações de pessoas podem ser feitas por meio do 190".

No Ceará, até às 11h30 deste sábado (7), o Integrasus, plataforma da Secretaria Estadual da Saúde, contabiliza 277.950 casos confirmados de Covid e 9.391 óbitos. Em Mauriti, segundo o Integrasus, foram confirmados 1.307 e 35 pessoas morreram em decorrência da doença.

Na sexta-feira (6), o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou em rede social que o atual decreto de combate à proliferação de Covid-19 no Estado será prorrogado, sem nenhuma alteração. Conforme o decreto em vigor, na região do Cariri, Sul do Ceará, a realização de eventos continua completamente proibida. 


G1 CE 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib