Por Wandenberg Belém, G1 CE



Agentes da Polícia Federal cumpriram, na manhã deste sábado (7), mandado de busca e apreensão na casa de um vereador, em Icó, na região Centro-Sul cearense. A ação aconteceu na residência de Francisco Evandro de Araújo, conhecido como Evandro Juvino.

Em nota, a PF diz que a residência é do suspeito de atirar contra a casa de Tobias Pires de Araújo, candidato a vereador da cidade. Os dois são parentes e filiados ao mesmo partido político, o PDT. Ninguém foi preso na ocasião, nem foram encontradas armas de fogo no imóvel. Foram apreendidos mídias digitais e documentos para as investigações.

Os advogados do suspeito, Fabrício Moreira e Getúlio Oliveira, afirmam, também em nota, que nada foi encontrado no imóvel e que o vereador está “à inteira disposição das autoridades com boas intenções e atos”.

A ação foi solicitada pelo promotor de Justiça Eleitoral Renato Magalhães e autorizada pela Justiça Eleitoral da 15ª Zona, sediada em Icó.

O caso

O crime aconteceu na madrugada de 1º de novembro, na localidade de Sítio Canto, distante cerca de 25 km da sede do município. A residência do candidato foi alvo de disparos de arma de fogo, que atingiram um automóvel que se encontrava na garagem. Tobias teria acordado com os disparos e ouvido o veículo que transportava os suspeitos fugir do local. Na ocasião, policiais militares realizaram buscas nas imediações dos sítios vizinhos, mas ninguém foi preso.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib