Na primeira pesquisa do Datafolha sobre a disputa de segundo turno para a prefeitura do Recife, a deputada federal Marília Arraes (PT) mantém o crescimento que registrou nas últimas semanas e larga com dez pontos percentuais de vantagem para o adversário João Campos (PSB), que é seu primo e também exerce mandato de deputado federal. Segundo o levantamento, Marília tem 55% dos votos válidos, contra 45% de Campos. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Em relação aos votos totais, Marília contabiliza 41% das intenções de votos, contra 34% de Campos. Brancos e nulos representam 21%, enquanto 3% não souberam responder. A pesquisa foi encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo em parceria com a TV Globo. Foram entrevistados 924 eleitores entre os dias 17 e 18 de novembro.

Campos liderou todas as pesquisas de intenção de voto no primeiro turno, mas tem alta rejeição em função do desgaste da população com gestões do PSB na capital, administrada pelo prefeito Geraldo Julio, e no governo estadual, com Paulo Câmara. A vantagem de Marília também representa um acerto na estratégia petista de ir atrás de eleitores conservadores. Nos últimos dias, a candidata recebeu o apoio de partidos que se alinham com o presidente Jair Bolsonaro, como o PTB, o Podemos e o PL.

Os candidatos Mendonça Filho (DEM) e Delegada Patrícia (Podemos), que terminaram, respectivamente, na terceira e na quarta colocação no primeiro turno, declararam neutralidade na disputa.

A disputa entre Marília e Campos se dá entre dois integrantes do mesmo clã político de Pernambuco. Ele é bisneto do ex-governador Miguel Arraes, enquanto ela é neta do patriarca da família. 

 Veja 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib