A chuva que banhou Juazeiro do Norte na manhã desta sexta-feira (20) agravou a situação do lixo, que se encontra nas ruas há quatro dias. Desde a última terça (17), os trabalhadores da coleta urbana se encontram em paralisação.

A greve se deu pela falta de pagamento aos funcionários. Em nota nesta quinta-feira (19), a MXM, empresa responsável pela coleta, afirmou que os salários já haviam sido pagos. Porém, em contato com os trabalhadores, foi afirmado que apesar do pagamento mensal, os outros direitos trabalhistas não haviam sido quitados com os funcionários, como o FGTS, por exemplo.

Com o lixo acumulado, a chuva arrastou as caixas e sacolas, que entupiram bueiros pela cidade, dificultando o escoamento da água e agravando o mau cheiro e proliferação de animais e insetos.

   


( Badalo) 



Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib