Casos de Covid-19 continuam crescendo em Lavras da Mangabeira

 









A BOMBA?: Casos de Covid-19 continuam crescendo em Lavras/CE

Ainda sem ações efetivas do governo lavrense e no fim de uma gestão que apesar do prefeito ser médico não se fez presente durante a pandemia, foram registradas nas últimas semanas na cidade  de Lavras da Mangabeira, mais casos de pessoas contaminadas pela Covid-19. Eles não param de aumentar.

De acordo com último boletim da Secretaria de Saúde do Município (SMS), o número de contaminados saltaram em menos de uma semana de 1.075 para 1.124, quase 50 casos a mais em relação a semana passada.


Segundo dados do boletim da SMS, Lavras já registrou que 22 pessoas morreram por causa da doença. 

Com 848 pessoas contaminadas, a sede, lidera o ranking no município. Em seguida vem o Distrito Quitaiús, com 114 casos. Amaniutuba fica em terceiro lugar em número de pessoas contaminada pelo novo coronavírus, com 74 vítimas da doença. Já o Distrito com menor número registrado de pessoas com a doença, é Iborepi com 19 pessoas.

O PSC Jornalismo Verdade ORIENTA

Caso você se sinta doente, com sintomas de gripe, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos e fique em casa por 14 dias. 

Fique em isolamento domiciliar. Utilize máscara o tempo todo. Se for preciso cozinhar, use máscara de proteção, cobrindo boca e nariz todo o tempo. Depois de usar o banheiro, nunca deixe de lavar as mãos com água e sabão e sempre limpe vaso, pia e demais superfícies com álcool ou água sanitária para desinfecção do ambiente.

Sofás e cadeiras também não podem ser compartilhados e precisam ser limpos frequentemente com água sanitária ou álcool 70%. Mantenha a janela aberta para circulação de ar do ambiente usado para isolamento e a porta fechada, limpe a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou água sanitária.

Limpe os móveis da casa frequentemente com água sanitária ou álcool 70%. Se uma pessoa da casa tiver diagnóstico positivo, todos os moradores ficam em isolamento por 14 dias também. Caso outro familiar da casa também inicie os sintomas leves, ele deve reiniciar o isolamento de 14 dias. Se os sintomas forem graves, como apresentar febre, falta de paladar e olfato, procure um posto de saúde. Lá você será encaminhada para a realização de teste. Procurar orientação médica.


Com informações do Radialista Paulo Sergio de Carvalho 

Postar um comentário

0 Comentários